Matérias Mais Lidas

Angra: Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de RebirthAngra
Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de "Rebirth"

AC/DC: Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simplesAC/DC
Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simples

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Nervosa: Entrar para a banda foi a realização de um sonho, diz Diva SatanicaNervosa
"Entrar para a banda foi a realização de um sonho", diz Diva Satanica

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Loudwire: O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Robert Fripp: como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos viraisRobert Fripp
Como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos virais

Anthrax: Charlie Benante posta foto inédita ao lado de Joey Ramone e Scott IanAnthrax
Charlie Benante posta foto inédita ao lado de Joey Ramone e Scott Ian

Jon Bon Jovi: fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americanoJon Bon Jovi
Fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americano


Matérias Recomendadas

O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?O lado escuro do rock
Você acredita em magia negra?

Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musicalBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

Guns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl RoseGuns N' Roses
Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-laOzzy Osbourne
Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la

Slash: Só dá para exceder até certo pontoSlash
"Só dá para exceder até certo ponto"

Stamp
Tunecore

Spirit: Um dos melhores discos já feitos na história do Rock

Resenha - Twelve Dreams Of Dr. Sardonicus - Spirit

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Elias Rodigues Emídio
Enviar Correções  


Jim Morrison certa vez disse que "A única banda importante na América é o Spirit". Essa frase do vocalista do The Doors apenas confirma o talento do combo liderado pelo excepcional guitarrista Randy California e pelo vocalista (ocasional tecladista) Jay Ferguson. Hoje em dia pouco lembrado o Spirit foi uma das melhores e mais influentes bandas de rock na transição dos aos 60 para os anos 70. Reza a lenda que o inicio de "Stairway To Heaven" do Led Zeppelin foi inspirado em uma famosa canção do grupo "Taurus", além disso Ed Cassidy foi um dos primeiros bateristas de rock a executar solos em apresentações ao vivo, algo que se tornaria bem comum entre os principais nomes do estilo em meados dos anos 70.

A origem da banda remonta ao ano de 1965, quando do casamento do baterista Ed Cassidy então com 42 anos com Berenice Pearl, que tinha um filho chamado Randy Craig Wolfe, mas já conhecido como Randy California. Cassidy já tinha uma enorme experiência no campo musical e tinha tocado com veteranos do jazz como Art Pepper e Gerry Mulligan em meados dos anos 50.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No mesmo ano eles formam o grupo Red Rooster que contava com o vocalista Jay Ferguson, o baixista Mark Andes e o tecladista Mike Fondiler, e que alcançou alguma notoriedade no circuito Folk Rock nos EUA.

Em 1966, a família de Randy se muda para Nova York, e nesse ínterim ele trava contato com outro jovem guitarrista que na época atendia pelo nome de Jimi James que o convida para integrar seu grupo The Blues Flames, banda oficial do Cafe Wha, no Greenwich Village, até que James é convidado para se mudar para a Inglaterra pelo contrabaixista do The Animals e também produtor Chas Chandler. Randy também é convidado, mas como na época era menor de idade seus pais não permitem que ele se mude, assim California acaba por não integrar o Jimi Hendrix Experience que causaria uma revolução no cenário roqueiro em 1967 com seu bombástico disco de estreia "Are You Experienced?".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Em 1967 a família de Randy retorna novamente para a costa oeste e nesse período com a adesão Ferguson, Andes e o tecladista John Locke (velho conhecido de Cassidy), nascia a primeira encarnação do Spirit, nome tirado de um livro escrito por Kahlil Gibran, Spirit Rebellious. Todos os integrantes da banda se mudam para uma grande casa amarela, em Topanga Canyon, levando esposas, namoradas, cachorro, etc. E é no meio desse espírito comunitário que nascem as primeiras composições do grupo.

publicidade

Capa do álbum "Spirit", de 1968
Capa do álbum "Spirit", de 1968
O Spirit distinguia-se dos demais grupos locais por sua ideias musicais muito avançadas para a época que condensava num enorme caldeirão a psicodelia vigente no período, com experimentações jazzísticas e sons indianos. Já em 1968 pelo selo Ode Records e com produção de Lou Adler eles editam seu primeiro álbum, o espetacular homônimo "Spirit" que trazia pelos menos dois grandes clássicos do rock: o maravilhoso acid folk "Taurus" e a energica "Fresh Garbage", que tinha uma interlúdio jazzístico simplesmente fenomenal. Esta útima canção em especial, era presença constante nas primeiras apresentações do Led Zeppelin nos EUA, Page sempre foi um grande fã da banda. A faixa "Mechanical World" foi lançada como single e alcançou relativo sucesso, ajudando nas vendas do álbum que alcançou a 31ª posição no ranking da Billboard 200.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No final do mesmo ano é lançado o segundo álbum do grupo o igualmente essencial "The Family That Plays Together" que trazia o único grande hit da banda, a fenomenal "I Got A Line On You" que alcançou a 25ª posição nos chrats da Billboard e alavancou as vendas do disco que atingiu a 22ª posição no top 200 da Billboard.

O Spirit é então convidado pelo cineasta Jacques Demy para a gravar a trilha sonora de seu filme "Model Shop" que permaneceria inédita (sem lançamento oficial) até 2005.

O começo do ano de 1969 marcou o auge da carreira do grupo, com uma longa turnê com shows abertos por Led, Traffic e Chicago, além de uma notável participação no Atlanta Pop Festival, onde tocaram para mais de 100 mil pessoas, e que marcou o reencontro entre Hendrix e California após vários anos sem contato.

Na tentativa de repetir o sucesso do single anterior, a banda grava outra canção inesquecível "1984" de autoria de Randy California, entretanto problemas de seu produtor Lou Adler com a gravadora acaba comprometendo a distrbuição do single que atinge apenas a 69ª posição nas paradas, marcando o primeiro grande declínio de popularidade do Spirit. O ano também fica marcado na história do grupo pela sua não participação no festival de Woodstock, eles até haviam sido convidado para tocarem antes de Jimi Hendrix no evento, mas tiveram que recusar a proposta porque seu empresário havia agendado uma série de apresentações em emissoras de rádio para promoverem o terceiro álbum, Clear, que apesar de iguamente espetacular alcançou uma modesta 55ª posição nas pardas, tornando-se assim a primeira grande decepção para o grupo.


Capa do álbum Clear
Capa do álbum Clear
Essa situação aliada ao abandono do grupo por parte do empresário e produtor Lou Adler e a uma cisão entre as principais forças criativas do grupo; Fergunson, que preferia uma abordagem mais pop, e California, defensor do experimantalismo; criou uma clima de tensão que quase leva ao fim da banda. Felizmente o produtor David Briggs (que já havia trabalhado com Neil Young), conseguiu transformar toda essa animosidade na obra prima do grupo "Twelve Dreams Of Dr. Sardonicus", um dos melhores disco da história do rock que certamente deveria marcar presença em listas de "melhores discos do gênero". O nome do álbum faz referência a mesa de gravação do estúdio apelidada pelos membros do grupo de "Dr. Sardonicus".

O disco abre com a epopeia ecológica "Prelude - Nothing To Hide", um lamento acústico que desemboca num ousado tema hard rock marcado por criativos arranjos vocais, antes de se encerrar com uma incendiária seção de metais, abrindo alas para...

"Nature's Way", um clássico perdido da FMs mundo afora, que prima por sua simplicidade e incrível beleza. Contando com harmonias vocais luminosas, essa canção certamente não faria feio no catálogo de bandas como os Beatles ou Beach Boys.

Primeira composição de Ferguson no álbum, a animalesca "Animal Zoo" (muito a frente de sua época), com sua levada funkeada contagiante e refrão que fica dias grudado na cabeça do ouvinte, é um exemplar perfeito do melhor do rock que seria produzido na década de 70.

Um dos melhores rocks psicodélicos (no sentido restrito do termo) já gravados "Love Has Found A Way", traz um primoroso trabalho no vibrafone e no sintetizador Moog que vem coroado por uma criativa linha de baixo que demonstra a versatilidade de Andes em seu instrumento.

A elegia acústica "Why I Can't Be Free?" soa como um digestivo para o experimentalismo da faixa anterior e prepara terreno para a arrasa quarteirão "Mr. Skin", um pop rock perfeito que traz uma suingada seção de metais casando perfeitamente com sua poderosa harmonia vocal de fortes trejeitos soul. É daquelas que quando alguém ouve pela primeira vez logo procura saber que banda é essa. Sensacional é pouco!!!!

John Locke é o compositor da experimental "Space Child" um subversivo tema de jazz temperado com um trabalho excepcional no sintetizador Moog que remete ao Pink Floyd em seus momentos mais experimentais.

O disco volta a sua veia mais "rocker" com duas ótimas composições de Ferguson "When I Touch You" e "Street Worm". A primeira é um rock épico com um brilhante riff de guitarra e poderosas linhas vocais em mais uma refrão memorável, enquanto a segunda é o momento onde California assume o papel de guitar hero, assinando-a com um fenomenal solo de guitarra.

"Life Has Just Begun", uma balada com arranjos vocais criativos e sutis inclinações country, é uma mostra da sensibiladae pop de California que também contrbui com a contagiante "Morning Will Come", um rock agitado com uma suculenta seção de metais.

A temática da guerra é abordado de maneira mais profunda em "Soldier", outra sensacional balada com ótimos arranjos executados ao piano que encerra com chave ouro esta obra-prima do rock.

Após uma ótima apresentação no Fillmore East em 1970 o grupo encerra sus ativadades pela primeira vez, Mark Andes e Jay Ferguson montam o Jo Jo Gunne e Randy California parte uma mal sucedida carreira solo debutando com o bom "Kapt. Kopter and the (Fabulous) Twirly Birds" em 1972.

Cassidy ainda tenta dar prosseguimento a banda com os irmãos Al e John Staehely e com formação restabelecida lançam "Feedback" em 1972. O álbum foi um fracasso comercial e com isso Locke e Cassidy decidem encerarr temporariamente as atividades do grupo. De 1975 até 1995 o Spirit se reuniria várias vezes com novas formações, lançando sempre bons álbuns mas sem a força dos trabalhos realizados pela formação clássica do grupo. Em 1997 com a morte de Randy California o grupo encerra definitivamente suas atividades.

Dosando muito bem o experimentalismo de California com a abordagem mais pop de Ferguson e graças a uma produção primorosa de David Briggs "Twelve Dreams Of Dr. Sardonicus" é um dos melhores discos já feitos na história do rock, uma mostra definitiva de uma era de liberdade dentro da música cuja qualidade poucas vezes conseguiu ser igualada.

ESSENCIAL.

FAIXAS
01. Prelude - Nothing To Hide
02. Nature's Way
03. Animal Zoo
04. Love Has Found A Way
05. Why Can't I Be Free?
06. Mr. Skin
07. Space Child
08. When I Touch You
09. Street Worm
10. Life Has Just Begun
11. Morning Will Come
12. Soldier

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Dead Daisies
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Led Zeppelin: os depoimentos de Page e Plant no julgamento por plágioLed Zeppelin
Os depoimentos de Page e Plant no julgamento por plágio

Ozzy Osbourne: o veredito do madman sobre plágio do Led ZeppelinOzzy Osbourne
O veredito do madman sobre plágio do Led Zeppelin


Hard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gêneroHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero

Keith Richards: Metallica e Black Sabbath são grandes piadasKeith Richards
Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"


Sobre Elias Rodigues Emídio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.