Matérias Mais Lidas

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Vocalista do Saxon acha um pouco maluco Judas Priest tocar como um quartetoVocalista do Saxon acha "um pouco maluco" Judas Priest tocar como um quarteto

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock

Capital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso NatashaCapital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso "Natasha"

COVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro TullCOVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro Tull

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha


Stamp

AntiVoid: Portugal domina no Death Metal!

Resenha - Senseless - AntiVoid

Por Christiano K.O.D.A.
Em 09/12/13

publicidade

Nota: 9

Quando um disco de Death Metal te pega pelas tripas e te vira do avesso, é porque agradou, e muito. É esse o caso desse material preciosíssimo dos portugueses da AntiVoid, cuja completa audição é um perigo, por deixar as vísceras expostas. E os caras foram atrevidos, já que a banda surgiu em 2012 (sob o atual nome) e já colocou no mercado um belíssimo ‘full’!

Sem brincadeira, trata-se de um Death Metal ‘ols school’ extremamente empolgante, sem precisar tocar a mil por hora o tempo todo. Pois é, os caras não exageram e equilibram os momentos mais velozes (que não tão rápidos assim) com outros mais cadenciados. E que resultado fenomenal saiu disso!

Há aqui e acolá umas levadas quase Hardcore/Crust que fazem qualquer um levantar e começar a se arrebentar no mosh pit. Mesmo que o ouvinte forme a roda sozinho no recinto.

A primeira faixa, "Born to Die", tem um quê dos riffs da Napalm Death, daqueles tempos mais experimentais do grupo. Até o vocal remeteu um pouco a Barney Greenway, incrível! Mas a semelhança acaba aí.

Aliás, o vocalista Vitor é um urso, com seus vocais obscuros e demoníacos. Muito bons!

Mas seria possível destacar qualquer outra composição, pela qualidade inquestionável que todas possuem. Não tem novidades no som da AntiVoid, mas tem aquele elemento-chave que faz toda a diferença: pegada.

As músicas são impressionantemente encorpadas, "cheias" mesmo, bem "soco na cara". Esse efeito é, em grande parte, provindo do trabalho da gravação, aliada ao talento dos lusitanos. Não deixa sobreviventes.

E pra quem acha que será impossível adquirir o ‘debut’, é a hora da emoção: ele está disponível para download gratuito no site dos caras! Testemunhem um dos ótimos discos de Death de 2013 e espalhem a praga pelo planeta!

AntiVoid – Senseless
Independente – 2013 - Portugal

http://www.antivoidband.com/
https://www.facebook.com/antivoidofficial
[email protected]

Tracklist:

1. Born to Die
2. Believe
3. Life`s a Bitch
4. Children of Chaos
5. Riot Blow
6. Story from a Book
7. Silence Sucks
8. Endgate
9. The End of Days
10. Gods Pigs
11. Ungreatfull Sons
12. Dirty Love Song
13. Careless
14. Grind My Gears
15. Glad to Be Mad

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?Guns N' Roses
Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica, odeia a banda?

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A..