Confronto: Uma pauleira seguida de outra

Resenha - Imortal - Confronto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Só posso começar essa resenha com um grande pedido de desculpas aos meus vizinhos! Sim, isso mesmo. Não sei se são leitores do site, mas fica registrada a minha tentativa de ser perdoado por eles.

Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa LivreMetallica: as extravagâncias da banda para tocar no Rock in Rio

A razão das desculpas? Simples: nos últimos dias tenho ouvido o novo CD da banda carioca CONFRONTO e é quase que obrigatório ouvir "Imortal" com o volume no talo, goste seu vizinho ou não.

O CD é um arregaço e traz uma pauleira seguida de outra, já desde os primeiros segundos da faixa título. A velocidade e o peso tomam conta do álbum até a sexta canção, "1h", com participação de ninguém menos do que João Gordo (RATOS DE PORAO) e a coisa toda só acalma em "Rosaly", uma faixa instrumental regada a violão e percussão.

Daí pra frente é só porrada de novo, graças às palhetadas rápidas de Max Moraes, às precisas linhas de baixo de Eduardo Moratori e à dupla de Felipes, o Ribeiro, que "desce o braço" na bateria, e o Chehuan, que é responsável pelos vocais que completam com perfeição o som tirado pela banda.

"Pra quem nasceu na guerra o inferno é um lar". Esse trecho da música "Meu Inferno" dá o tom das letras do CONFRONTO, fortes e diretas, cantadas em português e com a tradução em inglês no encarte (o que é muito legal para divulgação do trabalho no exterior, já que a banda tem mais de 200 shows internacionais no currículo).

Faixas imperdíveis: "Imortal", "Meu Inferno", "Eu Sou A Revolução", "1h" e "Levante", para mim a melhor do disco, tanto pela letra quanto pela sonoridade. Essas são as canções indispensáveis. Comece por elas, mas ouça o álbum todo em alto e bom som!

Este é meu primeiro contato com a música da banda CONFRONTO, mas podem ter certeza de que vou atrás dos outros lançamentos desse importante nome do Metal e Hardcore nacional.

Nacional - Urubuz Records

Banda:
Felipe Chehuan (vocal)
Max Moraes (guitarra)
Eduardo Moratori (baixo)
Felipe Ribeiro (bateria)

Track List:
01. Imortal
02. Flores da Guerra (part. Carlos "Vândalo" Lopes)
03. Meu Inferno
04. Eu sou a Revolução
05. Aos Dragões
06. 1h (part. João Gordo)
07. Rosaly (Instrumental)
08. Sangria (part. Felipe Eregion)
09. Levante
10. Mariah
11. Emissarium
12. Dilúvio


Outras resenhas de Imortal - Confronto

null




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Confronto"


Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa LivreLegião Urbana
O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

Metallica: as extravagâncias da banda para tocar no Rock in RioMetallica
As extravagâncias da banda para tocar no Rock in Rio

Led Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da bandaLed Zeppelin
A controvérsia sobre as origens do nome da banda

Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ver músicas da era Blaze no setIron Maiden: como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?Loudwire: os melhores Riffs do Metal nos Anos 80AC/DC: Brian revela segredo obscuro de Angus Young

Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336