Backyard Mortuary: Debut álbum da banda australiana

Resenha - Lure of the Occult - Backyard Mortuary

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após lançarem duas demos (“Dead Goregous” em 2002 e “Backyard Mortuary” em 2005) sob a alcunha de Necropsy, este quinteto australiano há 8 anos adotou o nome de um destes trabalhos e finalmente lançou seu tão sonhado debut álbum, este “Lure Of The Occult”.
5000 acessosRaul Seixas: a explicação de Gita, por ele mesmo5000 acessosTop 5: Os roqueiros mais chatos da história

O som da banda é um Death Metal totalmente focado nas linhas ‘old school’ do estilo, sem dar espaços há nenhuma modernidade sequer. Fato que irá deixar os fãs mais saudosistas em êxtase. E não é pra menos, afinal o que ouvimos aqui é uma ode ao verdadeiro e puro Metal da morte.

Desde os temas típicos abordados até a timbragem dos instrumentos, você vai jurar que este disco foi gravado lá pelo final da década de 80 ou começo da de 90. Riffs mórbidos, solos digitalizados e alavancados aparecem a esmo nas músicas, enquanto a cozinha alterna aquela levada brutal com quebradas fúnebres. Tudo isso tendo um vocal urrado à frente.

Destaque para Mutation, a praticamente Funeral Doom Metal Deprivation e a faixa título com sua pegada brutal. A produção também nos remete às origens do gênero, por isso presumo que a sujeira e abafamento contidos são propositais. Álbum totalmente indicado aos fãs do mais primitivo Death Metal.

http://www.facebook.com/backyardmortuary

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Backyard Mortuary"

Raul SeixasRaul Seixas
A explicação de Gita, por ele mesmo

Top 5Top 5
Os roqueiros mais chatos da história

SpinSpin
As melhores faixas instrumentais de todos os tempos

5000 acessosIvete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"5000 acessosKeith Richards: colocando Justin Bieber em seu devido lugar5000 acessosSlash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose5000 acessosJohn Petrucci: "Steve Morse é meu músico preferido"5000 acessosB.B. King: filhas dizem que o bluesman foi envenenado5000 acessosOzzy Osbourne: Madman explica como quer seu funeral

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online