Unblackpulse: New Metal de qualidade feito no Brasil

Resenha - Rise - Unblackpulse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Queiroz
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Se antes tínhamos a sina de nenhuma banda de New Metal na cena mainstream brasileira, isso pode estar mudando. Os paulistas do Unblackpulse mostram que, se há a esperança de no Brasil metal de qualidade fazer sucesso novamente, eles com seu New Metal estarão na linha de frente.

Reb Beach: "Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"Eric Clapton: saiba mais sobre a doença que o acometeu

Para um álbum debut de uma banda independente, a produção não fica devendo em nada para grandes bandas. O álbum, em geral, é pesado, moderno e homogêneo, mostrando que realmente eles sabiam o que queriam desde o início: fazer um som modernoso sem se entregar a modas metalcore, e apostando em um som que um dia já esteve na grande mídia, mas hoje está "esquecido".

O preconceito com o New Metal infelizmente ainda existe, mas se você tem mente aberta e não liga para os velhos e ruins dogmas do metal, com certeza vai, no mínimo, admitir a competência e talento dos paulistanos.

Os destaques ficam por conta de More Than Me, Trash, Blood Down e o excelente cover de Bodies do Drowning Pool. Outro ponto extremamente positivo eh a potência e personalidade na voz de Henrique Gordilho. As linhas de bateria de Caio Gaona também são de se tirar o chapéu. O único ponto negativo fica pelos poucos solos do álbum terem um exagero de uso de Wha-Wha (um dos motivos por eu detestar as guitarras de Kirk Hammet do Metallica), mas isso é compensado pelos excelentes riffs.

Enfim, vale muito a pena ouvir o disco, e aposto alto no futuro desses jovens que têm muito talento. Ouça sem medo e sem preconceito pelo som modernoso, pois realmente É BOM!

O álbum está disponível gratuitamente no site da banda:
http://www.unblackpulse.com/

Track - List:
1 - Get Over
2 - More Than me
3 - On A Cage
4 - Trash
5 - Bodies
6 - Bitter Taste
7 - Lovely Girls
8 - Blood Down
9 - Over My Faith
10 - One More Day

Henrique Gordilho - Vocals & Guitar
Nicolas Aqsenen - Lead Guitar
Caio Gaona - Drums
Deyvis Santana - Bass
Tato Quilici - Percussion




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "UnblackPulse"


Reb Beach: Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bostaReb Beach
"Não me importo de dizer que Kirk Hammet é um bosta"

Eric Clapton: saiba mais sobre a doença que o acometeuEric Clapton
Saiba mais sobre a doença que o acometeu

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Antes da fama: Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outrosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outros

Massacration: saiba quem é o baterista que tocava de verdadeMassacration
Saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

Roger Moreira: Jovem é de esquerda porque o pai sustentaRoger Moreira
"Jovem é de esquerda porque o pai sustenta"

Kiss: Rock and roll é um trabalho para otários!Kiss
"Rock and roll é um trabalho para otários!"


Sobre Fernando Queiroz

Fernando Queiroz ama o metal como sua vida. Vive no meio nacional ha 6 anos e não se arrepende de nada. Colabora com o Whiplash desde 2007. Nas horas vagas, Fernando, ou Fe Luppi, como eh chamado pelos amigos, é estudante de Relações Internacionais.

Mais matérias de Fernando Queiroz no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336