Age Of Woe: um som pesado, grosseiro (no bom sentido) e sujo

Resenha - Inhumanform - Age Of Woe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O release deste quinteto sueco diz que a banda foi fundada pelo "impulso do desejo de explorar as vastas paisagens do Punk e do Metal". Se você espera algo do tipo Crossover pode ir buscar respirar outros ares, pois o som dos caras passa longe disso.

Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha

O Age Of Woe faz um som pesado, grosseiro (no bom sentido) e sujo. Aliás, o timbre das guitarras são sujos, a produção é suja (mas de qualidade) e os vocais de Sonny Stark esgoela um semi gutural inteligível e extremamente grave. Tudo isso com um clima maléfico e de muito ódio.

Death Metal, Crust e Sludge são os estilos mais explorados, mas há uma variação inteligente na música dos caras, e em alguns momentos o som para em uma quebrada e chega a ficar até arrastado, beirando o Doom Metal. O mais incrível é que a agressividade e a raiva permanecem.

Não posso deixar de mencionar a trinca que se inicia com a Sludge/Stoner Black Rain, que é seguida pela brutal At First Light e para podrona e até melódica Red Eyes. As outras composições não ficam atrás, mas essa trinca resume bem a sonoridade da banda e parecem interligadas de alguma forma.

Completada por Gonzo Icognito e Martin Brzezinski (guitarras), Sven Lindsen (bateria) e André Robsahm (baixo), a banda não mede esforços e estreia bem com este debut. É o tipo de som pra espantar os demônios, ou aproximá-los ainda mais!

http://ageofwoe.net/
http://www.facebook.com/ageofwoe




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Age of Woe"


Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Steve Vai: O dia em que ele foi humilhado por ChimbinhaSteve Vai
O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha

Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorEntrevistas
Coices e tretas entre artista e entrevistador

Metallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas dos anos 2000Rock Nation: rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"Edu Falaschi: Deus, ex-colegas do Angra e 25 anos de carreiraHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.