Makinária Rock: entre as melhores sonzeiras que temos no país

Resenha - Cidade Rock - Makinária Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando R. R. Júnior, Fonte: Rock On Stage
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O baterista e vocalista Carlos Digger, líder e mentor do Makinária Rock, banda que lançou seu primeiro cd em 2010 ( leia resenha ) que teve uma boa aceitação tanto pelo público quanto pela crítica, mas apesar disso, o trio sofreu mudanças e atualmente ao seu lado temos Renato Skyfuncker no baixo e Luis Takeo na guitarra. Com este novo line-up, o Makinária Rock continuou a divulgação de seu nome pelos país e em 201/3 foram ao Shuffle Estúdio e lá fizeram as gravações, mixagem e masterização deste Cidade Rock com Renan Lemos e Leandro Oliveira. Para a temática das letras cantadas em português, o trio homenageou São Paulo, disparada a maior Cidade Rock brasileira.
5000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda5000 acessosSlash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido

A intro Acorda abre o cd ao som da "gloriosa" melodia da "Voz do Brasil" ( O Guarani de Carlos Gomes ) na guitarra e segue em um ritmo Rock/Blues para Makinária Rock, que te convida a conhecer o Power trio em uma letra que liga o ouvinte com a banda e remete ao mesmo estilo de pegada de letras que ouvimos cantadas por bandas como Made In Brazil, Baranga e Tomada. Atente para os riffs de Luis Takeo e para as levadas de Carlos Digger. Aliás, é uma excelente canção para abertura dos shows.

Com o baixo de Renato Skyfuncker convidando a guitarra de Luis Takeo e a bateria de Carlos Digger para um Rockão sujo, temos a excelente faixa título Cidade Rock, que te chama para curtir uma noitada de Rock'n'Roll em uma letra que é de fácil absorção e que mostra os porquês que São Paulo merece este título. Aliás, na hora dos solos Luis Takeo mostra como um som assim deve ser solado.

Com uma linha de guitarra crua e um tanto mais rápida temos Rock'Roll, que fica mais pesadona em seu decorrer enquanto o trio nos conta como e porque este estilo musical faz cada vez mais legiões de pessoas o curtirem há mais de 50 anos. Destaque para os solos de Luis Takeo na guitarra com categoria que juntos ao baixo e bateria passam muita a energia de uma forma simples.

Com um andamento inspirado pelo Motörhead, o Makinária Rock apresenta Magrela, a quinta de Cidade Rock, que agrada com suas ótimas levadas instrumentais - especialmente nos solos de Luis Takeo - ao aumentar a vibração do ouvinte. Vale dizer também que os vocais de Carlos Digger pelo seu jeitão direto e grave fazem você querer cantar com ele facilmente.

Em Interesseira, o Makinária Rock realiza um ótimo flerte com o Heavy Metal oitentista na parte instrumental cheio de riffs e solos inspirados nestes tempos, para que Carlos Digger solte seu vozeirão sempre rouco, sujo e cativante. Ao som de buzinas e motores que traduzem o momento, que infelizmente é comum na cidade de São Paulo, Hora de Pico, narra naquele ritmo pesadão de baixo, bateria e guitarra, o caos dos finais de tarde enfrentados pelos paulistanos, que só são superados para quem curte um bom Heavy Rock´n´Roll como este.

De começo mais lento, mas com uma bela evolução no baixo e bateria, Rotina marca a última das composições do Makinária Rock neste Cidade Rock, pois a saideira é um cover. Em seu decorrer Rotina vai ficando mais rápida e recebe envolventes solos de guitarra, que a tornam um Rockão dos bons. Detalhe: a letra é um convite para ir para a tomar uma cerveja do jeito que nós headbangers gostamos e acabamos fazendo.

Aproveitando para homenagear uma de suas influências, o Makinária Rock exibe uma versão muito competente para Pão com Cerveja das Velhas Virgens terminando assim o cd em um clima de muita diversão.

Aos amantes de um Heavy Rock que pende para o Rock´n´Roll, cheio de solos de guitarra, direto, que seja cantado em português com letras envolventes e aos que se sintam bem ouvindo nomes como Baranga, Matanza, Made In Brazil, recomendo você curtir Cidade Rock, álbum que consolida a posição do Makinária Rock no cenário e classifica o trio entre as melhores sonzeiras que temos no país.

Site:
http://www.makináriarock.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Cidade Rock - Makinária Rock

273 acessosMakinária Rock: Empolgando o verdadeiro fã de rock n roll292 acessosMakinária Rock: Heavy Rock interessante, direto e sem frescura452 acessosMakinária Rock: Rockão pesado com um pé no Heavy Metal403 acessosMakinária Rock: Rock'n'Roll pesado e cheio de energia

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Makinária Rock"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Makinária Rock"

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

SlashSlash
Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido

SabatonSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

5000 acessosA História do Burzum5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose expulsa pessoa do show em Curitiba5000 acessosCradle Of Filth: Dani Filth explica seu conceito de religião5000 acessosAvenged Sevenfold: Ouça os vocais de Shadows isolados dos instrumentos5000 acessosVocalistas: Os 10 melhores da história do rock

Sobre Fernando R. R. Júnior

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online