Deep Purple: um álbum sólido com excelentes pormenores técnicos

Resenha - Now What?! - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Braga
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O novo álbum dos lendários mestres do hard rock/heavy metal é lançado oito anos depois do último disco da banda britânica. Pessoalmente estava à espera de um álbum desapontante e sem chama com um ou dois bons apontamentos. Felizmente, o álbum superou as minhas expectativas! Apesar de não ser um disco ao nível dos clássicos "NOW What?!" consegue apresentar bons apontamentos técnicos com músicas bastante rockeiras e grandes combinações instrumentais entre Steve Morse e Don Airey. Sendo um enorme fã da banda, é sempre com agrado que ouço qualquer um dos lançamentos do grupo, mesmo sem Ritchie Blackmore.

Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairLista: as dez melhores músicas para se ouvir na estrada

O álbum começa com a poderosa "A Simple Song" com uma intro emocional de cerca de dois minutos, a faixa rapidamente mostra uma tonalidade bem mais pesada, e devo dizer, raivosa.

Seguem-se "Weirdistan" e "Out Of Hand" que são das faixas mais pesadas e rockeiras deste álbum com enorme destaque para a guitarra de Steve Morse, a criatividade da bateria de Ian Paice e a voz de Ian Gillan. De acordo com um press-release, o álbum seria gravado sem qualquer tipo de regras, com uma fresca e moderna produção musical e que teria a "elegância de Perfect Strangers e a liberdade de Made In Japan". Tal afirmação parece-me por demais rebuscada e completamente exagerada, seja como for, a faixa "Hell to Pay" demonstra a qualidade técnica, liberdade e a elegância referida acima com Steve Morse e Don Airey a protagonizarem uma batalha instrumental que já não se ouvia desde os tempos do "mestre dos mestres" Ritchie Blackmore e lendário Jon Lord.

A produção do álbum é muito provavelmente das melhores da banda desde "Purpendicular", não deixando descurar os sons mágicos das teclas de Don Airey, os entusiásticos riffs e solos de Steve Morse, as habilidosas composições de Roger Glover, a energia da bateria de Ian Paice e os "gritos" do icónico Ian Gillan. O grupo preocupa-se em demonstrar que funciona bem e que gosta de tocar junto. De destacar faixas como: a poderosa "A Simple Song", a criativa "Weirdistan", a pesada "Out Of Hand", a espetacular "Hell to Pay" e a estranhamente obscura "Vincent Price".

Não me interpretem mal, este disco não está ao nível de clássicos como "Deep Purple", "In Rock", "Machine Head", "Burn" ou "Perfect Strangers", entre outros. Nem sequer tem a magia instrumental e o espírito de outros tempos, nem pouco mais ou menos. Falta a magia do "mestre dos mestres" Ritchie Blackmore e a perfeição de Jon Lord, mas mesmo assim é um álbum que está ao nível do primeiro lançado por esta formação, "Purpendicular" e que é claramente um passo à frente do anterior lançado em 2005, intitulado "Rapture Of The Deep". É uma boa adição à coleção de qualquer fã, que como eu segue esta banda há muitos anos.

Lista de faixas de "NOW What?!":

01. A Simple Song
02. Weirdistan
03. Out Of Hand
04. Hell To Pay
05. Body Line
06. Above And Beyond
07. Blood From A Stone
08. Uncommon Man
09. Après Vous
10. All The Time In The World
11. Vincent Price


Outras resenhas de Now What?! - Deep Purple

Deep Purple: um bom disco, mas um tanto preguiçosoDeep Purple: eles ainda têm muito para fazer pela músicaDeep Purple: impecável e digno de imitação nos dias atuaisDeep Purple: Steve Morse e Don Airey se destacam em "Now What?!"Deep Purple: banda volta aos holofotes com um novo discoDeep Purple: Não seja idiota de comparar Now What!? aos clássicosDeep Purple: canções lentas, solos e riffs perdidos




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deep Purple"


Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairDeep Purple
Queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sair

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Glenn Hughes: produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show cancelado

Glenn Hughes: produtora do show no Rio se manifesta sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora do show no Rio se manifesta sobre show cancelado

Glenn Hughes: turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é canceladaGlenn Hughes
Turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é cancelada

Em 19/08/1945: nascia a lenda Ian Gillan, do Deep PurpleEm 19/08/1945
Nascia a lenda Ian Gillan, do Deep Purple

Deep Purple: vídeo oficial de "Smoke on the Water" ao vivo em 1988Em 01/08/1951: nasce o talentoso Tommy Bolin

Deep Purple: em trilha sonora de filme do TarantinoDeep Purple
Em trilha sonora de filme do Tarantino

Ian Gillan: veja vídeo de "Hang Me Out To Dry"

Slash: ensinando namorada a tocar Smoke on the Water, do Deep PurpleSlash
Ensinando namorada a tocar "Smoke on the Water", do Deep Purple

David Coverdale: Puto com intransigência de Ritchie BlackmoreDavid Coverdale
Puto com intransigência de Ritchie Blackmore

Iron Maiden: assista jam histórica com o Deep Purple em 2002Iron Maiden
Assista jam histórica com o Deep Purple em 2002

Roger Glover: Greta Van Fleet e Rival Sons seriam enormes nos 70sRoger Glover
Greta Van Fleet e Rival Sons seriam enormes nos 70s


Lista: as dez melhores músicas para se ouvir na estradaLista
As dez melhores músicas para se ouvir na estrada

MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

Memoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandasMemoráveis como a música
Os 25 melhores logos de bandas

Max Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merdaGuitarristas: você consegue identificar todos nesta imagem?Zakk Wylde: O assassinato atribuido à "seita" do guitarristaAudioslave: filmagem profissional de Serj Tankian cantando "Like a Stone"

Sobre João Braga

Um orgulhoso português, residente no Porto e com 22 anos de idade. Economista e um grande apreciador de música de Rock e Metal, desde o soft rock dos Boston ou Journey até o pesado thrash metal dos Overkill, gosto por várias vertentes do Rock e do Metal desde o mais suave até o mais rápido e pesado. Enorme fã de bandas como Deep Purple, Rush, Overkill, Metallica, Led Zeppelin, Coroner ou Genesis, entre outras. Escritor em diversos sites de música ligados ao mundo do Rock e do Metal: artigos de raridades, notícias ou simplesmente reviews de CD's; gosto especial pela música dos anos 70, conhecedor, "investigador" e critico da música fabricada na melhor década que a indústria musical alguma vez conheceu (70's)

Mais matérias de João Braga no Whiplash.Net.