Matérias Mais Lidas

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemLegião Urbana e a surpreendente música que serviu de base para "Ainda é Cedo"

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAC/DC: Rick Rubin recorda a problemática produção de "Ballbreaker"

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemNando Reis relembra curioso único game que jogou na vida, durante gravação dos Titãs

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemO show do Black Sabbath que acabou em tumulto por conta de uma garrafa


Dream Theater 2022

Helloween: olhando pra frente em detrimento do saudosismo dos fãs

Resenha - Straight Out of Hell - Helloween

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collectors Room
Em 06/03/13

publicidade

Nota: 7

Com 29 anos de carreira, o Helloween chega ao seu décimo-quarto álbum com "Straight Out of Hell". Produzido novamente por Charlie Bauerfeind, responsável por todos os discos da banda desde "The Dark Ride" (2000), "Straight Out of Hell" foi gravado no Mi Sueño Studio, localizado na cidade espanhola de Tenerife.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma banda como o Helloween, responsável pela criação de um dos gêneros mais populares da música pesada, tem todos os seus movimentos cercados de grande expectativa. E não poderia ser para menos, afinal estamos falando de um dos nomes mais influentes da história do heavy metal, e que, em detrimento do saudosismo dos fãs, olha para frente a cada novo lançamento.

"Straight Out of Hell" é um disco muito sólido. O Helloween soube aliar as características principais de sua música, como a melodia e as cativantes linhas vocais, a uma pegada mais atual e agressiva, com riffs curtos e diretos. O melhor exemplo disso é "World of War", a melhor faixa de "Straight Out of Hell" e uma das melhores gravadas pela banda nos últimos anos. Seus quase cinco minutos são um deleite para os ouvidos, com guitarras inspiradas, coros e ótima performance de todo o grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Nabataea" é mais um destaque, abrindo o disco com classe. Seus mais de sete minutos são repletos de mudanças de andamento e climas, enquanto a letra conta a história do lendário reino que batiza a canção. "Live Now!" e "Far From the Stars" mantém o bom nível, com generosas doses de melodia derramadas sobre o ouvinte, mas nunca abrindo mão do peso e de uma pegada mais forte, o que diferencia os pais do estilo das milhares de bandas genéricas que infestaram o metal melódico ao longo dos anos, apostando de maneira equivocada em escalas derivativas e músicas insípidas. O Helloween não faz isso, e mostra o caminho que esses grupos deveriam ter seguido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há de se destacar, como sempre, o ótimo Andi Deris, vocalista dono de grandes recursos e muito bom gosto, que esbanja competência na criação de linhas e passagens vocais que acrescentam muito às canções. O mesmo ocorre com Sascha Gerstner, jovem guitarrista que funciona como contraponto eficaz do experiente Michael Weikath. A dupla Markus Grosskopf e Daniel Löble completa o quinteto, mostrando-se entrosadíssimos em "Straight Out of Hell".

No entanto, existe um problema que puxa o álbum para baixo: o excesso de faixas. Algumas composições são totalmente dispensáveis e nunca deveriam ter visto a luz do dia, passando a impressão de estarem no tracklist apenas para completar a duração de um CD. É o caso de "Waiting for the Thunder", a terrível balada "Hold Me in Your Arms" e "Years", esta última praticamente um clone do Stratovarius da década de 1990. A inclusão destas músicas incha "Straight Out of Hell", tornando-o longo em demasia. O disco funcionaria perfeitamente sem elas, e seria bem mais eficaz com a ausência do trio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas é preciso voltar aos elogios, já que a parte final do trabalho reserva grandes momentos para os fãs. A faixa-título tem o DNA clássico do grupo temperado com o aspecto mais rude e violento que a banda adotou desde a chegada de Andi Deris, e é uma grande composição. "Asshole" é outro destaque, com um riff e uma pegada que lembram os tempos da parceria de Roy Z com Bruce Dickinson nos discos solo do vocalista do Iron Maiden. Ótima faixa! O álbum fecha com "Church Breaks Down", composição épica e que mostra todo o poder de fogo que o Helloween ainda possui.

"Straight Ou of Hell" é um bom disco. Há grandes composições entre as suas 13 faixas, momentos que tem tudo não só para agradar os fãs, mas, sobretudo, para serem incluídas no já respeitável catálogo de músicas obrigatórias do grupo - caso de "Nabataea", "World of War" e a faixa-título.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale a pena, confira!

Faixas:
1 Nabataea
2 World of War
3 Live Now!
4 Far From the Stars
5 Burning Sun
6 Waiting for the Thunder
7 Hold Me in Your Arms
8 Wanna Be God
9 Straight Out of Hell
10 Asshole
11 Years
12 Make Fire Catch the Sky
13 Church Breaks Down


Outras resenhas de Straight Out of Hell - Helloween

Resenha - Straight Out Of Hell - Helloween

Resenha - Straight Out of Hell - Helloween

Resenha - Straight Out of Hell - Helloween

Resenha - Straight Out of Hell - Helloween

Resenha - Straight Out of Hell - Helloween

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Cinco álbuns marcantes de heavy metal que estão quase fazendo 30 anos - Parte I

O Angra era tão grande quanto o Helloween nos anos noventa, diz produtor

Dez hits do heavy metal que podem ser ouvidos por quem não gosta do estilo

Luísa Sonza aparece vestindo camiseta do Helloween

O grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

Cinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

Túnel do Tempo: 25 músicas lançadas em 1985, um ano de ouro para o thrash metal

Túnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

A inesperada banda que baixista do Kreator incluiria de intrusa no "Big 4" alemão

Andreas Kisser diz que Xororó podia tranquilamente cantar no Helloween

Helloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

Michael Kiske: A Adoração ao Mal no Cenário do Heavy Metal

Cinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

Metal Melódico: os 10 melhores álbuns dos anos 90 - Parte 1

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.