Napalm Death: uma lenda do som extremo

Resenha - Code is Red... Long Live the Code - Napalm Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Napalm Death veio em uma época que, para fazer um som pesado, precisa ultrapassar os limites da velocidade da luz. Surgidos na cidade de Birmingham (ING), berço do Black Sabbath e Judas Priest, a banda inovou no quesito brutalidade e ousadia, numa fase em que o Thrash Metal estava se desgastando e o Death Metal herdava os ensinamentos do Slayer, Celtic Frost, Possessed e Repulsed.
1093 acessosNapalm Death: vocal ensina gutural a político e bomba no streaming5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Inspirados nos filmes de guerra, como Apocalypse Now, Platoon e Nascido para Matar, o Napalm Death fez voz aos acontecimentos mais cabulosos da Humanidade, como guerras, religiões, políticas e temas sociais. Desde seu primeiro disco Scum (1987), a banda passou por mudanças de formação, até contar atualmente com Mark "Barney" Greenway (v), Mitch Harris (g/bv), Shame Embury (bx) e Danny Herrera (bt).

Despois de mudanças drásticas de sua sonoridade, o grupo voltou com carga total com Enemy of the Music Business (2000), criticando o sistema da indústria musical. Depois de homenagear seus ídolos na segunda parte da compilação Leaders Not Followers (2004) – seu primeiro lançamento pela Century Media - , o Napalm expele The Code Is Red... Long Live the Code.

Como era de se esperar, aquela porradaria sem limites se encontra com Silence is Deafening, no melhor estilo Discharge, contando com aquela paradinha mortal. Right you Are e Diplomatic Immunity não fazem feio, botando todo mundo para mexer o pescoço. A faixa-título é mais cadenciada, com um refrão para cantar junto. Climate Controllers fala sobre os riscos do aquecimento global.

A novidade do disco são as participações especiais. Jamey Jasta (Hatebreed) dá sua canja com Instruments of Persuasion e Sold Short. O lendário Jello biafra (Dead Kennedys) remete aos tempos de Holiday in Camboja, com The Great And The Good. Boa pra pogar como louco. Pledge yourself to You traz Jeff Walker (Carcass) dividindo seus guturais cavernosos.

Entre uma faixa e outra dá para se perceber que o ND deu uma balanceada, como as cacetadas Vegetative State, Pay for the Privilege of Breathing e Striding Purposefully Backwards e as "sabbáticas" Morale e Our Pain is Their Power.

The Code is Red... Long Live the Code foi dedicado ao falecido radialista John Pell, responsável pelo sucesso dessa, que é uma lenda do som extremo. Longa vida ao Código!

Confiram os clipes abaixo - Silence is Deafening:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Morale:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Formação:

Mark "Barney" Greenway – vocal
Shane Embury – baixo/backing vocals
Mitch Harris – guitarra/backing vocals
Danny Herrera – bateria

Tracklist:

1-Silence is Deafening
2-Right You Are
3-Diplomatic Immunity
4-The Code Is Red... Long Live The Code
5-Climate Controllers
6-Instruments of Persuasion
7-The Great And The Good
8-Sold Short
9-All Hail The Grey Dawn
10-Vegetative State
11-Pay For The Privilege of Breathing
12-Pledge Yourself to You
13-Striding Purposefully Backwards
14-Morale
15-Our Pain is Their Power

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Code is Red... Long Live the Code - Napalm Death

2201 acessosResenha - Code Is Red... Long Live The Code - Napalm Death

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de novembro de 2012

OpethOpeth
"You Suffer", do Napalm Death, é tocada duas vezes em show

1093 acessosNapalm Death: vocal ensina gutural a político e bomba no streaming581 acessosNapalm Death: vocalista ensina político a fazer gutural486 acessosNapalm Death, Brujeria: travando pescoços no sul da Alemanha75 acessosEm 31/05/1994: Napalm Death lança Fear, Emptiness, Despair0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Napalm Death"

Bandas extremasBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Barney GreenwayBarney Greenway
"Eu gosto de soft rock! Não faço segredo sobre isso!"

Heavy MetalHeavy Metal
As melhores faixas de 2012 segundo o Loudwire

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Napalm Death"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosVocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rock5000 acessosRegis Tadeu: "Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"5000 acessosAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal4862 acessosVinnie Paul: Pantera sem Dimebag mancharia legado da banda5000 acessosAC/DC: "riffs mais fáceis são os mais difíceis de escrever"5000 acessosMetallica: os 11 melhores clipes da banda

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don´t Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online