Hellyeah: Mantendo alguns elementos de southern rock

Resenha - Band of Brothers - Hellyeah

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Finalmente o HELLYEAH se encontrou de vez! Mesmo já tendo dois discos lançados anteriormente, a verdade é que a atual banda do eterno ex-PANTERA Vinnie Paul, e que conta ainda com Chad Gray, Greg Tribbett (respectivamente, vocalista e guitarrista do MUDVAYNE), Tom Maxwell (guitarrista, ex-NOTHINGFACE) e Bob Zilla (baixista, DAMAGEPLAN) não tinha ainda conseguido se destacar no cenário da música pesada e atingir um público maior.

Hellyeah: divulgado o novo álbum "Welcome Home", último com Vinnie Paul; ouçaAquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Mas neste novo lançamento, a coisa é muito diferente, com uma sonoridade bem mais encorpada e pesada que nos lançamentos anteriores. Ademais, é possível perceber claramente uma maior influência de PANTERA em "Band Of Brothers" (em especial dos discos "Cowboys From Hell", "Vulgar Display Of Power" e "Far Beyond Driven"), principalmente nas excelentes levadas das músicas, calcadas em riffs pesadíssimos e cativantes, e nas passagens características do mestre Vinnie, em um som repleto de groove, e mantendo alguns dos elementos de southern rock característico da banda, e acrescentando outros, como o Hardcore, por exemplo (escute a faixa "Drink Drank Drunk" e comprove).

Além disso, Chad está em sua melhor forma, transbordando agressividade em cada entonação, e sendo um dos grandes destaques do disco.

Desde a primeira faixa, "War In Me", a banda já se mostra bem mais agressiva, com vocais rasgados e riffs destruidores. E segue assim até o final, destacando-se ainda a faixa título, com seu refrão pegajoso; a cadeciada "Rage/Burn", que conta com alguns dos melhores riffs do disco, e lembra algo de HIGH ON FIRE; "Why Does It Always", pesadíssima, e com pinta de se tornar um dos clássicos do grupo; e "Dig Myself A Hole", outra que gruda na cabeça do ouvinte logo no primeira audição do material.

Além disso, a qualidade de gravação do material (gravado no Home Studio de Vinnie, em Dallas) é excelente, moderna, mas ao mesmo tempo crua, deixando tudo bem na cara, e com destaque para o peso.

"Band of Brothres", pois, vem para colocar de vez o nome do HELLYEAH dentre as grandes bandas da atualidade, e é de audição indispensável para qualquer fã do saudoso PANTERA. Aguardemos pelo novos capítulos da carreira dos caras, pois se continuarem nessa crescente, têm tudo para marcar história na música pesada!

Confiram o clipe da excelente faixa título:

Band of Brothers - Hellyeah
(2012 - Eleven Seven Music - Importado)

Track List:

1. War in Me
2. Band of Brothers
3. Rage/Burn
4. Drink Drank Drunk
5. Bigger God
6. Between You and Nowhere
7. Call It Like I See It
8. Why Does It Always
9. WM Free
10. Dig Myself a Hole
11. What It Takes to Me


Outras resenhas de Band of Brothers - Hellyeah

Hellyeah: pronto para detonar, como nos tempos do Pantera




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hell Yeah"


Hellyeah: divulgado o novo álbum "Welcome Home", último com Vinnie Paul; ouça

Vinnie Paul: herança fica com amigos, equipe e namoradas dele e de DimebagVinnie Paul
Herança fica com amigos, equipe e namoradas dele e de Dimebag

Vinnie Paul: O remorso do show que presenciei, mas não viVinnie Paul
O remorso do show que presenciei, mas não vi


Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Lemmy: tatuagens, política, strippers e atrizes pornôLemmy
Tatuagens, política, strippers e atrizes pornô


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336