Iron Maiden: 30 anos do melhor disco britânico

Resenha - Number Of The Beast - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Não à toa que a rede de lojas HMV elegeu esse disco o melhor dos últimos 60 anos, na frente de outros clássicos das bandas Pink Floyd, Beatles e de artistas mais recentes, como Adele e Oasis. Não à toa que esse disco foi o favorito do antropólogo e documentarista Sam Dunn (que produziu e dirigiu Flight 666). Não à toa que foi nesse ano que muitos lançamentos causaram barulho, inclusive o até então mais vendido de todos os tempos, Thriller, do Michael Jackson.
2112 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor5000 acessosYngwie Malmsteen: primeira namorada fala sobre o guitarrista

Ainda na seção oitentista, o álbum The Number Of The Beast foi lançado em 1982, na mesma época em que o Metal lançou Screaming For Vengeance (Judas Priest), Iron Fist (Motörhead), Creatures Of The Night (KISS), Black Metal (Venom), entre outros; a Donzela de Ferro se consagrou definitivamente com este clássico.

Após a perda de seu vocalista Paul Di'Anno (é o que faz a manguaça!), Steve Harris indicou Bruce Dickinson (Samson) para a vaga. É aí que a brilhante história se prossegue. Contendo nove faixas (marcantes e históricas!), o Número da Besta deu continuidade ao aclamado Killers; transformando a faixa-título e Run To THe Hills em hinos.

Inspirado no filme A Profecia, The Number Of The Beast criou polêmica nos EUA após ser acusada de satanista. Porém, isso não afetou o sucesso da Donzela, juntamente com seu mascote Eddie, virando uma espécie de Mickey Mouse do Metal. Era tanto merchandising que poderiam fazer um parque temático.

Voltando ao disco, não é só as duas citadas músicas que faz ele se tornar clássico. Faixas como a épica Hallowed Be Thy Name, as rápidas Invaders, Gangland (brilhante introdução do baterista Clive Burr) e The Prisioner dão vontade de nos voltarmos para os mágicos 80s. Children Of THe Damned também merece destaque pela bela interpretação vocal de Bruce. Total Eclipse com sua atmosférica parceria de Harris, Burr e Dave Murray; 22 Acacia Avenue dá continuidade da Charlot The Harlot.

Produzido por Martin Birch (Black Sabbath, Rainbow, Whitesnake) e a capa sob a batuta de Derek Riggs (adoro as capas dele! coisa de deixar Da Vinci orgulhoso!), 666 - O Número da Besta também virou parte do DVD Classic Albuns, contando os bastidores dessa mágica produção, depoimentos dos integrantes, além de imagens que marcaram a concepção do clássico, sendo que foi o último com o batera Clive Burr.

Tracklist:

1-Invaders
2-Children of the Damned
3-The Prisioner
4-22 Acacia Avenue
5-The Number of The Beast
6-Run To The Hills
7-Gangland
8-Total Eclipse
9-Hallowed Be Thy Name

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Number Of The Beast - Iron Maiden

2280 acessosIron Maiden: os 34 anos de The Number of the Beast2170 acessosIron Maiden: 33 anos de "The Number Of The Beast"3411 acessosIron Maiden: A besta de 30 anos, uma benção ao Heavy Metal3919 acessosIron Maiden: O Ritual Britânico da "Besta"5000 acessosIron Maiden: A "Era de Ouro" da banda5000 acessosTradução - Number Of The Beast - Iron Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de julho de 2012

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

2112 acessosIron Maiden: Blaze explica por que Andre Matos teria sido melhor1614 acessosIron Maiden: Book Of Souls Tour chega ao fim ainda sem "Hallowed..."551 acessosIron Maiden: Quadrinhos e action figures na Comic-Con de San Diego862 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1283 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Vencedor do X Factor Brasil canta "Aces High" em vídeo

Bruce DickinsonBruce Dickinson
9 conselhos para o sucesso do seu negócio

Iron Maiden e Dream TheaterIron Maiden e Dream Theater
Pontos em comum de 2 novelas

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Yngwie MalmsteenYngwie Malmsteen
Primeira namorada fala sobre o guitarrista

Zakk WyldeZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico

GuitarristasGuitarristas
E se os mestres esquecessem como se toca?

5000 acessosLemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden5000 acessosGhost: qual a identidade secreta de Papa Emeritus?5000 acessosO amor: 10 músicas para roqueiros apaixonados4892 acessosMegadeth: fundindo a arrogância de Mustaine em Vic Rattlehead5000 acessosEsquisitices: algumas exigências bizarras para shows5000 acessosJohnny Depp: nunca mais deve beber em noitadas com Keith Richards

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don´t Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online