Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"


Stamp

Angelus Apatrida: Trabalhos convincente e com personalidade

Resenha - Call - Angelus Apatrida

Por Marcos Garcia
Em 05/05/12

Nota: 8

O renascer do Thrash Metal tem trazido ao mundo uma verdadeira inundação de bandas do estilo, na chamada NWOTM (ou seja, New Wave of Thrash Metal), mas infelizmente, como todos já sabem há tempos, isso cria dois grupos distintos: aqueles que nada de novo acrescentam ao estilo, sendo apenas cópias de bandas já existentes, apenas repetindo todos os clichês do estilo explorados até a exaustão; mas ao mesmo tempo, existem aquelas que, mesmo muitas vezes não sendo inovadoras, nos chegam com trabalhos convincentes e cheios de personalidade. As proporções todos já conhecem. E no segundo time, temos o quarteto Thrasher ANGELUS APATRIDA, que nos chega como seu novo trabalho, ‘The Call’, via Century Media Records.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vindos da Espanha, um país onde a tradição metálica é bem limitada e sem vultos de muita expressão, talvez ainda um resultado tardio do regime ditatorial de extrema direita de Franco que assolou o país há quase um século, esses quatro rapazes mostram um estilo que é um mix entre a agressividade do SLAYER e a pegada trabalhada e melodiosa do MEGADETH, mas com bastante personalidade, evitando ser uma mera cópia, mesmo porque existem ainda influências tradicionais à lá PRIEST/MAIDEN aqui e ali.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O disco foi gravado no Ultrasound Studio em Moita, Portugal, sob a regência do produtor Daniel Cardoso (que já trabalhou com nomes como ANNEKE VAN GIERSBERGEN, ANATHEMA, entre outros), a produção é bem ‘na cara’, forte e pesada, mas em um padrão atualizado, o que lhes confere peso e agressividade, sem perder a noção das melodias ganchudas que a banda usa. A arte, feita por Gustavo Sazes (que já fez trabalhos para bandas como ARCH ENEMY e KRISIUN) não é lá muito trabalhada, chegando a ser conservadora, mas isso não significa que é algo negativo.

O que se pode esperar das músicas em si?

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Muita agressividade, vocais agressivos e bem postados, sem serem berros desconexos, riffs e solos de guitarra eficientes e que prendem a atenção do ouvinte, e a base rítmica da banda é coesa e firme, mas sem deixar de apresentar boa técnica, logo, o CD é muito bom, destacando-se ‘You’re the Next’, que abre o CD de forma rápida e ríspida, com destaque para os vocais animalescos de Guillermo e para os ótimos riffs; a hiper pesada e semi-cadenciada ‘At the Gates Of Hell’, intensa e com a cozinha rítmica mostrando um ótimo trabalho, mais uma vez com guitarras muito boas, elemento encontrados também em outro destaque, a convidativa ‘Violent Dawn’, onde andamentos e estruturas harmônicas mais complexas aparecem; a violenta ‘Blood on the Snow’, especialmente pelos bombos velozes e tempos trabalhados de Vítor; e a rápida e explosiva ‘Still Corrupt’.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um disco muito bom, que vale o investimento, e cuja versão especial trará os bônus ‘Hell Patrol’ (cover do JUDAS PRIEST) e a regravação de "Free Your Soul’, de seu CD ‘Give ‘Em War’, de 2007.

E para que os leitores possam apreciar o trabalho da banda, eis o vídeo de ‘You Are Next’:

The Call – Angelus Apatrida
(2012 – Century Media Records – Importado)

Tracklist:
01. You are Next
02. At the Gates Of Hell
03. Violent Dawn
04. It’s Rising!
05. Blood on the Snow
06. Killer Instinct
07. The Hope is Gone
08. Fresh Pleasure
09. Still Corrupt
10. Reborn

Formação:
Guillermo Izquierdo – Vocais, e guitarras base e solo
David G. Álvarez – Guitarras base e solo
José J. Izquierdo – Baixo
Víctor Valera – Bateria

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Contatos:
http://www.angelusapatrida.com
http://www.facebook.com/angelusapatrida
http://www.myspace.com/angelusapatrida


Outras resenhas de Call - Angelus Apatrida

Resenha - Call - Angelus Apatrida

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Angelus Apatrida: confira vídeo de "Childhood's End", música do disco autointitulado



Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia.