Necropsya: Álbum deve agradar fãs de Metal não tão extremo

Resenha - Distorted - Necropsya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Antes mesmo de colocar o disco para tocar, uma coisa chama a atenção: o encarte muito bonito, com o visual bem clean, algo que se contrapõe à rebeldia da banda. Uma ótima apresentação gráfica! A ilustração do fundo da caixinha, onde o CD é acoplado, é maravilhosamente detalhada e carregada de significados fortes, se analisados de forma a relacioná-los com o cotidiano das grandes cidades.
5000 acessosSlipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?5000 acessosHard Rock: as 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Ao dar o “play”, vem a constatação de que o trio paranaense investe em um Thrash Metal que foge um pouco do tradicional: ao invés daquela rifferama e velocidade desenfreadas, o grupo prima por algo bastante cadenciado (salvo alguns poucos momentos – “Stress” foge à regra, bem porradona) e moderno. O peso marca presença – e tinha mesmo que ser assim. Além disso, há uma pegada Heavy forte aqui.

O nível técnico é grande e as composições são bem variadas, com arranjos bem estruturados, o que garante a solidez do trabalho.

Um detalhe interessante é a alternância de vocais – os três músicos cantam: tem o tipo mais gutural, o quase rouco/rasgado e o mais gritado. Apenas para registro, o principal é de Henrique Vivi, também baixista. Henrique Bertol (guitarra) e Celso Costa (bateria) ficam mais no backing, mas têm a mesma importância para as músicas.

A gravação também está profissional, cuidadosamente cristalina. Portanto, estaria tudo perfeito, não fosse o fato de que, ouvindo o material mais vezes, percebe-se a carência de algo mais agressivo e veloz. Aí sim, o som desse pessoal ficaria bem mais impactante!

Se por um lado isso é uma observação, por outro, eles são donos do próprio nariz e fazem o que bem entendem. Ou seja, em sua proposta inicial, não há do que reclamar. Portanto, “Distorted” deve agradar fãs de Metal não tããããããão extremo. Já aqueles que só gostam de brutalidade talvez estranhem o resultado. Na dúvida, o conselho mais óbvio: ouça e tire suas conclusões.

Necropsya – Distorted
Independente – 2011 – Brasil

http://www.myspace.com/necropsya

Tracklist
1. Easy Target 03:59
2. Proud and Maggots 05:24
3. Ask Myself 02:33
4. Kill 'Em 07:18
5. Son of Bitch 03:31
6. Sorry 01:26
7. What Remains for You 04:51
8. Head Up! 03:40
9. Individual 05:31
10. Utopia 05:16
11. What the Hell? 05:31
12. Distorted 05:21
13. Stress 03:17
Total: 57:38

Fonte: Som Extremo
http://somextremo.blogspot.com
@som_extremo

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Distorted - Necropsya

343 acessosNecropsya: Orientado pelos caminhos do Thrash Metal753 acessosNecropsya: Trash Metal de alta qualidade e originalidade809 acessosNecropsya: Thrash Metal com proposta flexível

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Necropsya"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Necropsya"

SlipknotSlipknot
Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

Hard RockHard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

AC/DCAC/DC
Setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance5000 acessosRock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 19915000 acessosSepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick5000 acessosSharon Osbourne: sexo oral em Principe Charles por título?5000 acessosMetallica: Alvo de críticas pesadas da banda Mogwai5000 acessosRod Stewart: intimidado pelo tamanho do pênis de outros rockstars

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online