Mundo Cao: Hard Rock em português com Ivan Busic

Resenha - Mundo Cao - Mundo Cao

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


O capitalismo é um sistema tão curioso que, no campo musical, paga-se jabá a muitas rádios para que todos saibam quem são os piores músicos do dia. Mas, em paralelo a essa famigerada prática, temos os verdadeiros artistas, aqueles que atuam mais discretamente no underground e estão frequentemente lançando discos interessantes, como é o caso deste debut auto-intitulado do paulista Mundo Cao.

"Bomba Caseira", a demo que o Mundo Cao soltou em 2006, tinha uma sonoridade tão extravagante que compreensivelmente não obteve boa recepção. Mas o tempo passou, recrutaram para a bateria ninguém menos do que Ivan Busic (Dr Sin) e o pessoal foi trabalhando na definição de seu estilo, que agora tem como foco um Hard Rock bem direto, repleto de distorção e cantado na língua portuguesa.

publicidade

Ainda que seja um trio, o Mundo Cao soube como se apropriar de uma equação simples para elaborar um repertório diversificado e muito consistente. O que primeiro chama a atenção é o trabalho de Fabio Gadel, que despeja riffs marcantes e nem mesmo sente-se tanto assim a ausência de uma segunda guitarra, pois a seção rítmica evita se limitar ao básico, em especial o baixo, que se revela mais tonificado durante os solos.

publicidade

A primeira metade do disco é excelente, tendo na abertura "Vampiros Existem", "Força-Motor", "Maloqueiro sem Futuro" e "Computadores pros Pobres" (minha preferida!) uma banda que se impõe em sua simplicidade. Mas o Mundo Cao também mostra flexibilidade e uma faceta quase alternativa ao investir em algumas mudanças inesperadas de ritmos, quase bizarras, como em "O Amor é Mentira" e na tensa "Surtado", com uma ótima letra.

publicidade

Lançado de forma independente, "Mundo Cao", o disco, mostra como uma banda pode redefinir sua musicalidade e liberar um trabalho de respeito. Após o lançamento, em função dos conflitos com as agendas, Ivan Busic teve que deixar seu posto aos cuidados de Felipe Abdala. É a vida, mas ainda que a audição cronometre os meros 26 minutinhos, bom, saca aquele álbum que foi concebido para ser escutado muito alto, e não adianta o vizinho reclamar? Pois é...!

publicidade

Contato: www.bandamundocao.com.br/

Formação:
Zeca Salgueiro - voz e baixo
Fabio Gadel - guitarra
Ivan Busic - bateria

Mundo Cao – Mundo Cao
(2011 / independente – nacional)

01. Vampiros Existem
02. Força-Motor
03. Surtado
04. Maloqueiro sem Futuro
05. Computadores pros Pobres
06. Satanás quer Turistas
07. Insônia
08. O Amor é Mentira
09. Bug do Milênio
10. Mundo Cão

publicidade


Outras resenhas de Mundo Cao - Mundo Cao

Mundo Cao: Aqui não é menos, nem é mais, é fundamental




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Quiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985Quiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin