RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro

imagemClipe de "From The Ashes" ultrapassa 1 milhão de views e Fernanda Lira celebra

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Stamp

Bangalore Choir: Regularidade acima de tudo

Resenha - Metaphor - Bangalore Choir

Por João Renato Alves
Postado em 16 de março de 2012

Nota: 8

Dessa vez os fãs do Bangalore Choir não tiveram que esperar muito tempo por um novo álbum de estúdio. Enquanto On Target e Cadence são separados por quase duas décadas exatas, apenas um par de anos foi preciso para a chegada de Metaphor. O terceiro trabalho de inéditas não promove grandes mudanças no Hard Rock pesado e melódico do grupo, com David Reece mostrando mais uma vez sua competência nos vocais. Todas as características tradicionais foram mantidas. Portanto, quem gostou dos outros dois tem tudo para aprovar este aqui também.

O play abre com a acelerada "All The Damage Done" e seus corais muito bem encaixados. "Trojan Horse" vai ficar na sua mente como um vírus (rá!), com sua cadência fantástica e refrão matador. Candidata a hit! A intro de "Silhouettes On The Shade" pode assustar os mais conservadores, mas basta alguns segundos para tudo voltar ao normal. A faixa-título vem naquela linha suingada de "Doin’ The Dance", composição de Jon Bon Jovi e Richie Sambora que entrou no debut. Um riff fantástico abre "Don’t Act Surprised", Hardão com pegada roqueira daqueles que a gente escuta com um sorriso no olho, lembrando os áureos momentos do gênero. A melhor de todas, com certeza.

O clima western que sugere o nome "Never Face Ole Joe Alone" é cumprido, com violões e gaitas ditando o ritmo. A semi-balada "Scandinavian Rose" apenas não compromete, enquanto "Catch An Angel Fallin’", única faixa que acima de 4 minutos, traz certa influência da cena europeia do estilo. O pique Rock and Roll reaparece em "Civilized Evil", que dá lugar à melódica "Fools Gold", outro destaque. Para encerrar o trabalho, "Always Be My Angel" traz um duo de guitarras totalmente metálico em sua abertura e remete a "Martyr", do disco anterior.

Sem medo de resgatar clichês e oferecendo o que de melhor o Hard oitentista é capaz de disponibilizar, o Bangalore Choir mais uma vez acerta em cheio. E mostra porque é uma das melhores bandas que pouca gente conhece.

David Reece (vocals)
Andy Susemihl (guitars)
Curtis Mitchell (guitars)
Danny Greenberg (bass)
Rene Letters (drums)

01. All The Damage Done
02. Trojan Horse
03. Silhouettes On The Shade
04. Metaphor
05. Don’t Act Surprise
06. Never Face Ole Joe Alone
07. Scandinavian Rose
08. Catch An Angel Fallin’
09. Civilized Evil
10. Fools Gold
11. Always Be My Angel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre João Renato Alves

Sem descrição cadastrada.
Mais matérias de João Renato Alves.