Forka: Uma mistura eficaz de thrash metal com hardcore

Resenha - Enough - Forka

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar Correções  

publicidade

8


Uma das coisas legais de escrever sobre música é que, no meio daquele monte de CDs enviados para avaliação, a gente acaba conhecendo bandas que, de outra maneira, dificilmente chegariam em nossas mãos, já que é fisicamente impossível estar a par de tudo. Esse é o caso do Forka. O quinteto paulista foi formado em 2002 e já gravou dois discos, "Feel Your Suicide" (2005) e "Enough", que, apesar de ter sido lançado em 2010, só chegou até mim no final de 2011.

Cradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?

Carlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

O som do grupo é uma mistura eficaz de thrash metal com hardcore. Pesada, agressiva e rápida, a música da banda aproxima-se bastante das sonoridades mais extremas do heavy metal. Produzido por Marcelo Pompeu e mixado por Heros Trench (respectivamente, vocalista e guitarrista do Korzus), "Enough" é uma pedrada. Há flertes explícitos com o death metal e até mesmo com o metalcore, além do uso constante de blast beats, com o som transitando em uma atmosfera de muito groove e riffs que prendem o ouvinte.

Bastante influenciado pelo Pantera e, em uma esfera menor, também pelo Slayer, o Forka compôs um álbum forte, com boas composições que caem de imediato no gosto dos metalheads. Entre elas, destaco "Blood of Saint", com um riff que é puro Slayer e letra que critica, de forma incisiva, os infinitos conflitos religiosos no Oriente Médio. Além disso, "The Existencial Weight on Mind" e "Final Conflict" abrem rodas instantâneas em qualquer show. Merecem menção ainda "The Human Race is Dead" e "Knowing Your Suffering".

"Enough" é um álbum muito acima da média, de uma banda que deveria ter muito mais reconhecimento do que possui. Enquanto os veículos especializados em heavy metal aqui no Brasil derramam elogios para as mesmas bandas de sempre, pense por conta própria e veja que o metal em nosso país é muito mais do que querem fazer você acreditar.

Ótimo disco, ótima banda! Vá atrás, porque vale a pena!

Faixas:
Between Obscure Winds
W2MFW
The Human Race is Dead
Knowing Your Suffering
Clamour on the Earth
Screaming in the Shadows
What Will Be?
Blood of Saint
They Know Not What They Do
Before You Die
The Existencial Weight on Mind
Final Conflict


Outras resenhas de Enough - Forka

Forka: Um trabalho que demonstra certa homogeneidade

Forka: sonoridade agressiva de contornos extremos




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?Cradle of Filth
Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?

Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin