RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemMike Portnoy diz que nunca ouviu nenhuma música da cantora Beyoncé

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemA curiosa origem do apelido "Mago" que Fabio Lione ganhou no Angra

imagemNovo álbum do Angra será o melhor da era Fabio Lione, segundo Felipe Andreoli


Stamp

Bowel Stew: Uma pegada temível, de tão pesada

Resenha - Necrocannibal Rites... The Primitive Sessions - Bowel Stew

Por Christiano K.O.D.A.
Postado em 15 de janeiro de 2012

Nota: 8

Imagine quase setenta minutes de uma brutalidade fora do normal. Vindo lá dos porões do underground, os italianos do Bowel Stew chegam cheios de gás e ódio para despejar. E o disco saiu aqui, graças à batalhadora Rotten Foetus (www.rottenfoetus.com.br).

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

Esse pessoal está na estrada há mais de quinze anos e, portanto, já aprenderam mais do que suficientemente como fazer um Death/Grind/Gore raivoso, muito raivoso. A verdade é que o estilo puxa mais para o último citado, mas esses caras tiveram uma considerável influência do Metal da Morte e do Moedor também.

Pense em uma sonoridade competente e com uma pegada temível, de tão pesada. Isso é um pouco do que consta neste trabalho. As composições são encorpadas e não ficam na mesmice, o que torna o trabalho ainda mais empolgante e surpreendente.
"Necrocannibal Rites... The Primitive Sessions" é, na realidade, um bom apanhado de vários trabalhos do grupo: "Necrocannibal Rites" (2003), "Demo 2009", "Demo 2007" e "Demo 2002". Logo, não se deve achar estranho as diferenças entre as gravações, que estão muito boas, aliás, por se tratar de uma proposta tão doentia quanto o Gore. Parabéns à banda por isso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É complicado encontrar aqui algum som que chame mais a atenção. Todas as faixas são muito intensas, com uma bateria que só quer saber de velocidade (tenha dó, senhor Ricardo!) e guitarras afinadas lá embaixo (Omar é o nome desse irresponsável), absurdamente pesadas. E o melhor é poder escutar tanta desgraça de forma nítida! Entretanto, para dar um gostinho, se eu tivesse que recomendar, seriam as últimas faixas do play, que fazem parte de "Demo 2002". São nelas que o grupo mostra seu lado mais criativo.

Sabe aquele vocal que sai meio aguado, como se estivesse vomitando? Pois é, esse disco traz isso de maneira caprichada, obra do referido Omar. Sensacional!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No meio de tanta pancada, sobram covers bem legais das não menos perturbadoras Gut, Anarchus, Unholy Grave, Dismembered Fetus e Regurgitate. Viram que banquete?

Curiosidade dessa coletânea: as demos de 2009 e 2007 não eram consideradas oficiais na discografia do conjunto e assim, não apresentam título! Ah, vale lembrar que esse material saiu aqui no Brasil com exclusividade. Hail, Rotten Foetus!

O encarte é "normal", ou seja, N-O-J-E-N-T-O, naquela "salada de frutas" características desse tipo de ruído. Não é necessário comentar mais nada.

Você gosta de música extrema? Insana? Bowel Stew irá suprir suas necessidades por barulho bem executado. Boa digestão!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Bowel Stew – Necrocannibal Rites... The Primitive Sessions
Rotten Foetus Records – 2011 - Itália

http://www.myspace.com/officialbowelstew

Necrocannibal Rittes - 2003

1. Invocation of Necrocannibal Rites 02:51
2. Bizarre Ovine Gang Bang 01:51
3. Anal Abortion of a Mongoloid Foetus 01:52
4. Intracranial Malignant Tumour 01:37
5. Mondo Cane 00:31
6. Fulci Metal Jacket 00:56
7. Disgorgement of Squash Clitoris 00:51
8. Coprophiliac Atrocities 02:35
9. Lymphatic Varicosities in the Scrotum 00:59
10. Abnormal Rectal Constipation 00:38
11. Bowel Stew 02:52
12. Stench of Rotten Gore 02:30
13. Purulent Disfigurement 01:54
14. Massaceal Commando 00:09
15. Demented Acts of Anatomical Quartering 03:01
16. Perpetual Sperm Injections (Gut cover) 04:08
17. Syphilitic Warfare 00:58
18. Caonized (Anarchus cover)
19. Another Lie (Unholy Grave Cover)

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Demo 2009
20. Untitled 1
21. Untitled 2
22. Untitled 3
23. Untitled 4
24. Untitled 5

Demo 2007
25. Untitled 1
26. Untitled 2
27. Untitled 3
28. Whores (Dismembered Fetus cover)

Demo 2002
29. Invocation of Necrocannibal Rites 03:31
30. Splatterhouse 03:16
31. Bowel Stew 03:38
32. Putrifixion Before Death 02:10
33. Infernal Mass Grave 01:07
34. Brutal to the Bone «Gore version» 04:15
35. The Pulsating Feast (Regurgitate cover)

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.
Mais matérias de Christiano K.O.D.A..