Anasarca: Death Metal sujo, podre, extremo e tradicional

Resenha - Dying - Anasarca

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Que death metal bom de se ouvir. Sujo, podre, extremo e bem tradicional. Pois é, não há novidades no som, só que é aquela coisa: quando é bem realizado, merece elogios. Não soa enjoativo e realmente anima.
5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie5000 acessosIron Maiden: conheça parte da equipe e dos parentes

Para quem não conhece (e deve ser um bom número de pessoas), esses alemães já têm mais de quinze anos de vida e três álbuns nas costas. “Dying”, o último até agora lançado, é sem dúvida o mais maduro e mostra que, dentro dos padrões do estilo, é possível criar coisas empolgantes, como é o caso de “Blame Myself”, uma pedrada daquelas!

E a música que fecha o disco, a faixa-título, também é muito boa, com seu denso começo, que se transforma na porradaria de costume desse pessoal. Os riffs também chamam a atenção.

É legal constar que, a cada disco, a Anasarca remou contra a maré e foi se tornando mais barulhenta. Que bom exemplo! No primeiro full length, eles soavam um tanto inexperientes e primitivos, mas agora, seis anos e dois discos depois, nota-se uma perceptível evolução. Não sei se para o bem ou para o mal, mas o fato é que o pessoal tem influências fortíssimas da escola norte-americana.

A banda também é do tipo “silêncio, caos, silêncio”, ou seja: começam avassaladores, mandam seu recado e rapidamente se retiram. O pouco mais de meia hora de duração do disco causa danos estruturais no seu quarto ou sala. As composições são bem dosadas entre a velocidade extrema e as partes mais trabalhadas.

No entanto, honestamente falando, eles fazem um death metal bem feito, mas como foi posto no início, permanecem no lugar comum. Não há nada de realmente excepcional nesse material, o que pode ser uma das causas de a banda não ser tão conhecida, como também mencionado aí em cima.

O CD é bem gravado, com instrumentos todos audíveis e a capa do material é meio sem graça (apesar do logotipo bacana). E só. Contudo, apesar de ser um grupo que apenas fica na média, vale, E MUITO, procurar por toda a discografia da banda. Tá dado o recado.

Anasarca – Dying
Mighty Music – 2004 - Alemanha
http://www.myspace.com/287604563
(não sei se é oficial)

Tracklist
1. Hasten Death
2. Inside My Head
3. Final Goodbye
4. Anopheles
5. Blame Myself
6. Terminal
7. Aggressive Killer
8. Complete Surrender
9. Inflammation
10. Dying

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anasarca"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosSlipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal5000 acessosCourtney Love: "Parei com drogas e transei como um coelho"2187 acessosHeavy Metal: os dez álbuns favoritos de Joe Duplantier, do Gojira5000 acessosMichael J. Fox: A volta triunfal de Marty McFly em um show do Coldplay5000 acessosPhil Anselmo: vocalista mostra seu barraco em Louisiana

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online