Dream Theater: Insosso, covarde e ganancioso, mas não ruim

Resenha - A Dramatic Turn of Events - Dream Theater

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago barcellos
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Muito se falou sobre Dream theater e Mike Portnoy ultimamente, desde a saída do baterista co-fundador da banda, passando pelo pseudo-reality show promovido pela banda na escolha do seu substituto até um suposto processo que Portnoy estaria movendo contra a banda. Mas eu aposto meus reais que a pergunta mais pertinente na cabeça de fãs hardcore, fãs eventuais (na qual me classifico) e odiadores é: Portnoy fará falta ao DT? Ao meu ver sim, e MUITA.
1115 acessosDream Theater: "Pull Me Under" é a mais importante da banda5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris

Eu confesso que desde que ouvi o primeiro CD da banda, When Dream and Day Unite achei uma banda "mariquinha" e com altas doses de auto indulgência. E mantive minha opinião quando ouvi o Image and Words, Awake e Falling Into Infinity. Porém quando saiu o Metropolis, Pt. 2: Scenes From A Memory em 1999 me rendi ao talento da banda, pois neste CD o DT mudou um pouco sua postura, apostando em agressividade, grandes composições e prezando a música em si mais do que malabarismos musicais, embora seu som ainda fosse extremamente técnico. E desde então o DT vem inovando e se superando a cada CD, até o A Dramatic Turn Of Events.

Aí o bicho pega, porque o que eu ouço aqui é uma banda tentando copiar a si mesma. Não é uma volta às raízes, porque o som do DT nunca abandonou suas raízes e sim evoluiu-as com o tempo, adicionando novos elementos e influências.

Não entendam mal, o CD não é ruim, longe disso. Mas é insosso, covarde e ganancioso. Me pareceu que a banda ficou com medo do que poderia sair sem o Portnoy, e resolveram forçar uma volta ao espírito da época que começaram a surgir para o mundo, leia-se Awake e Images. Para os fãs viúvos dessa época será o paraíso, mas para outros que prezam pela evolução musical apresentada durante os anos (eu incluso) a banda perdeu completamente a relevância.

O CD começa com On the Backs of Angels (que ganhou um clipe bacana) que traz a atmosfera de Imagem And Words de volta. A segunda, Build Me Up, Break Me Down chega a trazer algo diferenciado nos segundos inciais, mas logo se mostra mais do mesmo. E por aí vai, a banda desfila canções muito bem produzidas e arranjadas com ótimas letras, mas tudo "inofensivo". Não tem aquela garra de uma As I Am, não tem nenhum instrumental aloprado e altamente inspirado como Dance of Eternity. O Dream Theater perdeu a ousadia característica da evolução da banda. Mas verdade seja dita, enquanto baterista Mike Mangini manda muito bem, ele domina perfeitamente seu kit de bateria e neste quesito faz jus à vaga de Portnoy. Nenhuma culpa pode ser atribuída à ele. A falta que Portnoy faz e fará é como o compositor, líder, produtor e manda-chuva do DT que sempre foi.

Enfim, se você se enquadra na parte de fãs órfãos do Image and Words, comprará o CD e votará nele para melhores do ano. Se você é daqueles que acha que o Dream Theater ideal é aquele do Train of Thought ou Systematic Chaos (como eu), passe longe.

Pela primeira vez, o Dream Theater deu um passo para trás.

Tracklist:
1 On the Backs of Angels
2 Build Me Up, Break Me Down
3 Lost Not Forgotten
4 This is the Life
5 Bridges in the Sky
6 Outcry
7 Far from Heaven
8 Breaking All Illusions
9 Beneath the Surface

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de A Dramatic Turn of Events - Dream Theater

3806 acessosResenha - A Dramatic Turn Of Events - Dream Theater5000 acessosDream Theater: Uma montanha russa de sensações4406 acessosDream Theater: O que importa é a música, palmas para eles!5000 acessosDream Theater: É só isso? Tanta tempestade pra isso?5000 acessosDream Theater: Novo álbum não agrada de imediato4746 acessosDream Theater: Refrescante como há tempos não soava5000 acessosDream Theater: É ouvir sem preconceitos e ser feliz5000 acessosDream Theater: No topo inatingível do metal progressivo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Dream TheaterDream Theater
"Pull Me Under" é a mais importante da banda, diz Petrucci

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

Dream TheaterDream Theater
Baterista Mike Portnoy revela seus 10 álbuns favoritos

Mike PortnoyMike Portnoy
Ele entende porque os caras do Dream Theater recusaram o convite

Dream TheaterDream Theater
Saiba o que Petrucci pensa sobre Donald Trump

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

Iron MaidenIron Maiden
Conheça o West Ham, time do coração de Steve Harris

CinemaCinema
60 filmes pra quem ama Rock e Metal

MTV UnpluggedMTV Unplugged
As 25 melhores apresentações da história

5000 acessosSabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca5000 acessosMarilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuais5000 acessosMetal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.com5000 acessosIron Maiden: noiva toca versão emocionante de música durante casamento5000 acessosMetallica: Análise vocal de James Hetfield5000 acessosGaleria - Rock N' Roll Ribs: conheça restaurante de Nicko McBrain

Sobre Thiago barcellos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Thiago barcellos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online