Riverdies: Ainda firmemente enraizado no controverso Grunge

Resenha - Waterskies - Riverdies

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Provavelmente o público que acompanha a cena Rock´n´Roll nacional já ouviu muitos elogios referentes ao Riverdies... Natural do Rio de Janeiro e atuando há pouco mais de uma década, este pessoal liberou em 2009 o EP "Down Yard" com faixas que realmente convenceram. O resultado foi a conquista de prêmios do porte de ‘banda revelação’ pelo GRC Quality Music, ‘melhor banda’ no Festival Universo Pop RS e ainda ‘melhor gravação’ do IAIRA Award. Um belo começo!

Desde então o Riverdies intensificou os esforços para estrear com um disco completo, e que agora está sendo liberado sob o título "Waterskies" via VMH Produções. Ainda que os cariocas estejam afiadíssimos, é inegável que tudo continua firmemente enraizado em um dos gêneros mais controversos – o Grunge – ao transpirar generosas e explícitas referências dos nomes consagrados, em especial o Pearl Jam e Soundgarden.

publicidade

De qualquer forma, os caras têm conhecimento de causa. A equação de sua música é simples e meio deprê, mas oferece um repertório calculadamente diversificado e composições muito fortes como as pesadas "Need A Break", "I Wonder" e "Trees", ou as que seguem uma linha mais introspectiva como "Sadness" e "Trusting Hands" – e vale acrescentar que o citado EP "Down Yard" fica representado pelas conhecidas "Background" e "Morning Dies".

publicidade

Novamente dividindo a produção com o Eden do VMH Studios, o Riverdies se mostra influenciado, mas inspirado, e isso é indiscutível. Assim, "Waterskies" se torna bastante recomendado aos que curtem aquele Rock´n´Roll todo distorcido, além de ser um item praticamente obrigatório à vertente do público que nutre profunda admiração pelo velho Grunge.

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/riverdies

Formação:
Alex Melch - voz e guitarra
Fil Buchaul - guitarra
Leo Graterol - guitarra
Gui Farizeli - baixo
Victor vön Draxeler - bateria

Riverdies – Waterskies
(2011 / VMH Produções – nacional)

01. Need A Break
02. I Wonder
03. Sadness
04. Can´t Raise
05. Trees
06. Clear Like Water
07. Background
08. Trusting Hands
09. Roof
10. Morning Dies
11. Die Alone
12. Afternoon
13. Of You

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas

Fotos de Infância: Skid RowFotos de Infância
Skid Row


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin