RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano

imagemOs 20 melhores álbuns lançados em 1993, segundo a Revolver Magazine


Stamp

Belphegor: Fazendo juz ao termo "Black/ Death Metal Art"

Resenha - Blood Magick Necromance - Belphegor

Por Flávio Mendes
Postado em 16 de agosto de 2011

Nota: 8

É incrível o quanto os austríacos do BELPHEGOR vêm evoluindo à cada álbum lançado, explorando elementos de música clássica, temáticas BDSM e, é claro, proclamar blasfêmias, fator presente na grande maioria das bandas do cenário Black Metal. Este último álbum, lançado no início de 2011, é uma grande prova da maturidade musical e segurança da banda, principalmente por explorar novos elementos como as orquestrações acrescentadas nas músicas, sem comprometer seus trabalhos anteriores. Nem as constantes mudanças de formação trouxeram deficiência ao poder de fogo desses músicos.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O álbum inicia à todo vapor com a excelente "In Blood - Devour This Sanctity", com palhetadas velozes, típicas do metal extremo, a bateria alternando entre blast beats e pegada mais thrash metal no refrão, e os vocais de Helmuth também alternam, entre os grunhidos e guturais. A música contém um belo solo, curto e direto.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

Na sequência "Rise To Fall And Fall To Rise", traz uma atmosfera de música clássica mesclada com doom, vocais duplos, de efeito e bateria e guitarra em ritmo mais lento, porém os bumbos duplos em constante velocidade, fator persistente na maioria das faixas do álbum. A próxima, faixa-título do álbum, mantém a mesma pegada da música anterior, cadenciando a porradaria com passagens mais doom, os blast beats voltam a todo vapor, os vocais de Helmuth em partes com um efeito distorcido e interessante, e um refrão mais melódico. A música "Discipline Through Punishment" carrega uma belíssima melodia nos versos, destacando os vocais de Helmuth, com os riffs e bateria mais lentos e um solo mais longo, belíssimo por sinal, mostrando uma banda com uma técnica musical bem apurada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A faixa "Angeli Mortis De Profundis" é mais rápida e pesada, explorando algumas curtas passagens de melodia. Em seguida a música de trabalho do álbum, a excelente "Impaled Upon The Tongue Of Sathan", com uma atmosfera sombria e carregada (inclusive a banda fez um vídeo para esta faixa), cadenciando entre os vocais limpos e rasgados de Helmuth, um refrão que soa violento e melódico ao mesmo tempo, a bateria alterna entre os blast beats e uma levada mais thrash. "Possessed Burning Eyes" é mais dinâmica, inicia com peso extremo mais logo deslancha para melodias, no meio da música entra uma guitarra mais limpa, que soa belíssima acompanhando as palhetadas e a bateria. A última faixa é a mais pesada, "Sado Messiah" é de tirar o fôlego, mais crua e direta, onde os vocais rasgados e blast beats perseveram por toda a faixa.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O álbum possui uma ótima produção (realizada pelo respeitado Peter Tägtgren (HYPOCRISY)), merecida as bandas que evoluem e merecem maior investimento. E percebe-se que os austríacos realmente fazem juz ao termo "Black/Death Metal Art"!

BELPHEGOR - Blood Magick Necromance
(2011, Nuclear Blast Records (Importado))

Formação:
Hel "Helmuth" Lennart: Vocais, Guitarras, Baixo
Serpenth: Baixo
Martin "Marthyn" Jovanović: Bateria

Track-list :
1 - In Blood - Devour This Sanctity
2 - Rise To Fall And Fall To Rise
3 - Blood Magick Necromance
4 - Discipline Through Punishment
5 - Angeli Mortis De Profundis
6 - Impaled Upon The Tongue Of Sathan
7 - Possessed Burning Eyes
8 - Sado Messiah

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Total: 40:42 minutos


Outras resenhas de Blood Magick Necromance - Belphegor

Resenha - Blood Magick Necromance - Belphegor

Resenha - Blood Magick Necromance - Belphegor

Resenha - Blood Magick Necromance - Belphegor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Bloodstock libera show completo do Belphegor na edição de 2022 do festival

Belphegor: "Dane-se a Igreja, precisamos de mais Metal!"

Belphegor: frontman quase morreu por doença do Brasil

Septicflesh: conheça as artes criadas por Seth Siro

Loudwire: as dez bandas mais demoníacas de todos os tempos


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal