Before the Rain: Tão bom quanto um vinho português

Resenha - Frail - Before the Rain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Mendes Bueno, Fonte: funeralwedding.wordpress.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após o lançamento de seu debut, o Before the Rain seria capaz lançar algo tão bom mesmo com as baixas em sua formação? e a resposta é SIM!

Metallica: a habilidade com as baquetas de James HetfieldFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Tudo aquilo que ouvimos em seu álbum de estréia, ouvimos nesse Frail. Guitarras pesadas, melodiosas dando aquela atmosfera desoladora e com um destaque nos vocais. Nesse novo trabalho a banda conta com Gary Griffith (ex-Morgion) e para quem já está familiarizado com seus vocais em sua antiga banda já sabe o que esperar do rapaz.

O disco abre com a desoladora 'And the Worlds Ends There' e para o ouvinte não dar cabo em sua vida logo na entrada, nos minutos finais da faixa temos uma pegada mais gótica por assim dizer e um solo executado em two hands dando uma pegada legal para ela. 'Shards' vem em seguida e se o depressivo pensa que escapou por um triz na faixa anterior, com certeza nessa ele sairá em busca de seus materiais cortantes.

'Breaking the Waves' é a faixa mais longa do disco e em momento algum se torna cansativa e em sua parte "atmosférica" lá pela metade nos traz aquele sentimento de ruínas aliados aos vocais de Peter Bjargo "Arcana" e também aos corais de Natalie Koskinen "Shape of Despair", são de esmagar o peito em tristeza.

'A Glimpse Towards the Sun' é a mais curta, beirando os nove minutos e nem por isso é menos bela e sofrida, pois os corais de Natalie também se encaixaram muito bem nela. 'Frail' tem uma pegada legal e exatamente na metade ela tem uma quebrada em seu andamento nos dando a impressão que o que vem pela frente seria a próxima faixa e novamente os corais de Natalie se fazem presente.

E se o ser moribundo não deu cabo ainda de sua vida, com certeza após 'Peace in Absent' ele pensará melhor a respeito pois é uma ótima faixa para se deixar morrer em paz.

E a medida que o tempo vai passando o Before the Rain vai se tornando melhor, assim como um bom e velho vinho português.

Before the Rain - Frail (Avantgarde Music - importado)

1. And The World Ends There
2. Shards
3. Breaking The Waves
4. A Glimpse Towards The Sun
5. Frail
6. Peace Is Absent



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Before The Rain"


Metallica: a habilidade com as baquetas de James HetfieldMetallica
A habilidade com as baquetas de James Hetfield

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Manowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?Manowar
A vida real e nada épica dos Reis do Metal?

Metallica: a habilidade com as baquetas de James HetfieldFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenMike Bordin: "Regravar partes de álbuns de Ozzy foi uma m*rda"Música clássica: Bach, Beethoven e Vivaldi em versão Metal

Sobre Rodrigo Mendes Bueno

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.