Exhumed: Os mestres do death/grind/gore estão de volta!

Resenha - All Gutts, No Glory - Exhumed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Finalmente! Os mestres do death/grind/gore estão de volta! A banda, que andou pegando mais leve nos últimos trabalhos, retorna pútrida com “All Gutts, No Glory”.
5000 acessosAxl Rose: "Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"5000 acessosDio: as músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalista

Sem delongas, falemos das músicas. Primeiro vem a introdução (sério?) instrumental que leva o nome do álbum, e dá aquela atiçada no ouvinte, para depois vir a porradaria de “As Hammer to Anvil”. Começamos muito bem. Em seguida, aparece “Your Funeral, My Feast”, extremamente visceral, e com alguns riffs melódicos que acompanham o conjunto há algum tempo.

“Through Cadaver Eyes” continua o trabalho sujo, e manda uns bumbos duplos aterrorizantes, mesmo que em pequenas doses. Lá pelo meio da canção, a melodia volta a dar as caras. Ainda sim, o som prioriza o extremismo. A próxima – “Death Knell” – começa do jeito mais tradicional da banda: sanguinolenta! Ótima pedida; e segue assim até seu final. Uma das mais brutas do CD, com viradas fenomenais de bateria.

A sexta podreira é “Distorted and Twisted to Form”, mais cadenciada, e nem por isso, menos avassaladora. Puta música! E tome porrada na sequência, com “I Rot Within”, violentíssima. É a Exhumed em sua melhor forma. Como é bom poder dizer isso!

E “Dis-assembly Line” mantém o terremoto sem descanso. Uma mudança brusca de ritmo seguida de um belo solo dá ainda mais personalidade à canção. A nona faixa – “Necrotized” – apresenta trechos de bateria, vocal e baixo sem as guitarras. Resultado: empolgante! Mais um bom petardo dos americanos. Quase chegando ao final do trabalho, vem “Funereality”, também tipicamente Exhumed. Velocidade a toda prova e bons riffs. E fechando o massacre, “So Let It Be Rotten ... So Let It Be Done” já se candidata a melhor som do disco. Um baita refrão grudento acompanhado de um instrumental irresistível, incluindo um solo e tanto. Música soberba.

Analisando a grande obra de modo geral, o álbum está com um peso absurdo, tanto das cordas quanto dos tambores, e as composições estão mais ríspidas e diretas do que nunca. Enfeites para quê, se é isso que a Exhumed sabe fazer de melhor? Os revezamentos de vocais guturais e rasgados continuam mais impressionantes do que nunca. Os citados solos cortantes também estão lá. Aliás, o timbre de guitarra lembra algo do Deicide.

Vale falar também da excelente gravação, suja do jeito que precisava, e deixando ao mesmo tempo tudo muito bem audível. E que capa linda!!! De verdade, a montagem está muito caprichada e deixa mais evidente do que nunca a proposta da Exhumed.

A banda acertou a mão, e parece estar tocando ainda melhor e com mais fúria. Um disco matador. A violência explícita em forma de ondas sonoras vem com tudo! Definitivamente “All Gutts, No Glory” está entre os melhores da carreira!

http://www.myspace.com/exhumed

Exhumed – All Gutts, No Glory
Peaceville – 2011 – Estados Unidos

Tracklist
1. All Guts, No Glory
2. As Hammer to Anvil
3. Your Funeral, My Feast
4. Through Cadaver Eyes
5. Death Knell
6. Distorted and Twisted to Form
7. I Rot Within
8. Dis-assembly Line
9. Necrotized
10. Funereality
11. So Let It Be Rotten ... So Let It Be Done

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Exhumed"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Exhumed"

Axl RoseAxl Rose
"Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"

DioDio
Escolhendo suas músicas de Heavy Metal/Rock favoritas

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Ozzy Osbourne muito antes da fama

5000 acessosPunk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN5000 acessosJohnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o Guns5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?5000 acessosLobão: delirando sobre o seu próprio sucesso nos Anos 805000 acessosJustin Bieber: primeiro a camisa do Metallica, agora a do Iron Maiden5000 acessosPra discutir: os 100 melhores discos de Heavy Metal de todos os tempos

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online