Buckcherry: Um álbum para se gostar já na primeira ouvida

Resenha - Black Butterfly - Buckcherry

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Willy
Enviar Correções  

9


O Buckcherry é uma banda de Hard Rock que fez um ótimo trabalho no álbum "15", lançado em 2006. Logo, era esperado que Josh Todd (vocal), Keith Nelson (guitarra), Stevie D. (guitarra), Jimmy "Two Fingers" Ashhurst (baixo) e Xavier Muriel (bateria) mantivesse a qualidade e sonoridade para o "Black Butterfly", lançado em 2008. Pois foi o que aconteceu. "Black Butterfly" é um álbum realmente bom, daqueles para se gostar já na primeira ouvida.

Corey Talor: "Axl é um pau no cu e quem espera por ele é otário"Kerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista

O álbum começa em alto astral com "Rescue Me", terceiro single do "Black Butterfly", e "Tired of You". Depois vem a divertida "Too Drunk...", que foi a faixa que mais me chamou atenção no começo, até mesmo pelo nome ("Muito bêbado", em português). Música com uma pegada muito legal, e com uma letra divertida. O refrão traduzido é assim: "Eu estou enchendo a cara toda noite, eu estou enchendo a cara todo dia... Eu lamento, mas tenho que dizer: Eu estou muito bêbado para te foder". Ótima para festas, a música foi escolhida como primeiro segundo do Black Butterfly.

A primeira balada do álbum fica por conta de "Dreams", seguida pelo quarto e último single do álbum: "Talk To Me". Na sequência, está "A Child Called ‘It’" com uma letra forte. Segundo Josh Todd, tanto "A Child Called ‘It’" quanto "Rescue Me" foram inspiradas no livro autobiográfico "A Child Called "it": One Child’s Courage to Survive" (No Brasil, "Uma Criança no Inferno: Quando a violência está onde não deveria"), de Dave Pelzer. No livro, Dave relata como era espancado e maltratado por sua mãe alcoólatra, que até inventava jogos torturantes que quase o mataram.

A típica baladinha Hard Rock "Don’t Go Away" é sétima faixa do álbum. Inclusive, "Don’t Go Away" foi o segundo single do álbum. Mas nem ela e nem "Dreams" chega aos pés da balada "Sorry", do álbum "15", que é a música mais famosa e mais bem sucedida do Buckcherry.

Para agitar novamente, está "Fall Out". A nona faixa se chama "Rose" e fala sobre amor, não sobre dinheiro. Com um ritmo diferente de todo o álbum, está a balada "All Of Me". A penúltima faixa,"Imminent Bail Out", traz peso ao "Black Butterfly", onde Josh Todd abusa do vocal rasgado lembrando Steven Tyler (Aerosmith). E para fechar o álbum "Cream", que começa parecendo uma balada, mas não é.

1. "Rescue Me" - 3:12
2. "Tired of You" - 3:07
3. "Too Drunk..." - 4:02
4. "Dreams" - 3:51
5. "Talk to Me" - 3:28
6. "A Child Called "It"" - 2:55
7. "Don't Go Away" - 3:49
8. "Fallout" - 3:36
9. "Rose" - 3:53
10. "All of Me" - 3:45
11. "Imminent Bail Out" - 3:11
12. "Cream" - 3:34

"Black Butterfly" é bom álbum de Hard Rock, que só reforçou o nome do Buckcherry como uma das principais bandas do gênero da atualidade.

Clipes oficiais:




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Velvet Revolver: Os vocalistas já cogitados para a bandaVelvet Revolver
Os vocalistas já cogitados para a banda

Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer


Corey Talor: Axl é um pau no cu e quem espera por ele é otárioCorey Talor
"Axl é um pau no cu e quem espera por ele é otário"

Kerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revistaKerrang!
Os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista


Sobre Eduardo Willy

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin