Remove Silence: aura alternativa e geralmente sorumbática

Resenha - Fade - Remove Silence

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Ainda que fossem apenas planos, foi somente em 2007 que o Remove Silence adquiriu contornos de uma banda real, quando o ocupadíssimo Hugo Mariutti (guitarra) enfim achou tempo para unir forças com Fábio Ribeiro (teclados), Alexandre Souza (baixo e voz) e Edu Cominato (bateria e voz) para um projeto musicalmente bastante distinto do apresentado pelo mercado atual, mas com uma qualidade digna de pessoas que já tocaram com nomes como Angra, André Matos, Tempestt, Jeff Scott Soto e por aí vai.

"Fade" chega ao mercado através da Dynamo Records e conta com três de seus músicos dividindo o microfone e se saindo bem na empreitada. Isso, somado ao fato de o disco ter como principal característica a complexidade da construção de suas canções, que exploram uma vasta gama de sonoridades – há muita distorção metálica, lances de Rock Progressivo e uma enxurrada de efeitos eletrônicos – termina por conferir ao repertório uma aura bastante alternativa e geralmente sorumbática.

publicidade

É claro que seus músicos, tão experientes, procuram manter tudo relativamente costurado para impor alguma unidade ao longo da audição. E como esta viagem musical recheada de climas atormentadores possui faixas muito distintas entre si, cada ouvinte encontrará suas preferidas. Por ora, este escriba confessa que tem apreciado muito a ‘mezzo’ dançante "Fade", a crescente balada "Where Will The Children Live" e, por fim, a pesada e densa "Ministry Of Ghostland".

publicidade

O processo de criação, desde a composição, gravação e até a concepção das imagens do encarte, envolveu cada um de seus músicos, o que explicita ainda mais a necessidade de o Remove Silence em se expressar de uma forma mais artística. O resultado é um "Fade" tão multifacetado que, mesmo se encaixando no termo 'Rock', fatalmente está longe de ser acessível ao grande público. O que, para muitos, não é um problema, certo? Confira e tire suas próprias conclusões.

publicidade

Contato:
http://www.removesilence.com
http://www.myspace.com/removesilence

Formação:
Hugo Mariutti - voz e guitarra
Ale Souza - voz e baixo
Fábio Ribeiro - teclados e sintetizadores
Edu Cominato - bateria

publicidade

Remove Silence - Fade
(2009 / Dynamo Records - nacional)

01. The End Has Begun
02. Fade
03. Pressure
04. Dirty Ashtrays
05. Fast Turnover
06. Where The Children Live
07. Ministry Of Ghostlands
08. Black Again
09. When the Madness Fills The Space
10. Out Of Time
11. Dream Brother




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin