Matérias Mais Lidas

Tony Iommi: surpreendendo ao eleger seu Deus do RockTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

Ozzy Osbourne: ex-guitarrista conta porque Ozzy odeia um dos seus álbuns soloOzzy Osbourne: ex-guitarrista conta porque Ozzy odeia um dos seus álbuns solo

Black Metal: os 10 melhores álbuns de 2021 segundo a revista Metal HammerBlack Metal: os 10 melhores álbuns de 2021 segundo a revista Metal Hammer

Nita Strauss: não tá fácil, roubaram até o tapete do ônibus da turnê e ela quer de voltaNita Strauss: não tá fácil, roubaram até o tapete do ônibus da turnê e ela quer de volta

Rolling Stone: Iron Maiden e Foo Fighters na lista de melhores álbuns de 2021Rolling Stone: Iron Maiden e Foo Fighters na lista de melhores álbuns de 2021

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Cradle of Filth: para fúria dos puristas, quem os levou ao black metal foi o MayhemCradle of Filth: para fúria dos puristas, quem os levou ao black metal foi o Mayhem

Charlie Brown Jr: Thiago diz que filho de Chorão tentou removê-lo de música inéditaCharlie Brown Jr: Thiago diz que filho de Chorão tentou removê-lo de música inédita

AC/DC: Príncipe da Inglaterra elege música preferida para compromissos reaisAC/DC: Príncipe da Inglaterra elege música preferida para compromissos reais

Freddie Mercury: assistente pessoal explica por que ele nunca assumiu sua sexualidadeFreddie Mercury: assistente pessoal explica por que ele nunca assumiu sua sexualidade

Andreas Kisser: teste para o Metallica foi uma das melhores experiências da vida deleAndreas Kisser: teste para o Metallica foi uma das melhores experiências da vida dele

Zakk Wylde: relembrando experiência assustadora de conhecer o Black SabbathZakk Wylde: relembrando experiência assustadora de conhecer o Black Sabbath

Led Zeppelin: Jimmy Page e Robert Plant lamentam morte de Richard ColeLed Zeppelin: Jimmy Page e Robert Plant lamentam morte de Richard Cole

Cradle Of Filth: como pais de Dani Filth reagiram quando ele decidiu viver da bandaCradle Of Filth: como pais de Dani Filth reagiram quando ele decidiu viver da banda

Power metal: 10 grandes baladas escritas por bandas do estiloPower metal: 10 grandes baladas escritas por bandas do estilo


WhatsApp

Brutal Morticínio: segunda prensagem incrementada do debut

Resenha - Despertar dos Chacais... Outono dos Povos - Brutal Morticínio

Por Ben Ami Scopinho
Em 09/02/10

Nota: 7

Tendo sua origem no Rio Grande do Sul, foi em 2006 que o Brutal Morticínio iniciou suas atividades com a proposta de um Black Metal que resgatasse o orgulho latino-americano em suas letras, celebrando antigos sistemas, ritos tribais e respeitando as diversas etnias que compõe a citada região. Assim sendo, têm nos ditos invasores cristãos da época dos Grandes Navegações seus maiores desafetos.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A formação do Brutal Morticínio durante a gravação de "Despertar dos Chacais... Outono dos Povos" contou com Tormento (voz e guitarra), Mielikki (baixo) e Mephistopheles (bateria), que estão liberando uma segunda prensagem desde debut, lançado originalmente em 2008 e esgotado neste mesmo ano. E os gaúchos capricharam em seu acabamento gráfico, incrementando-o com uma roupagem digipak, encarte com letras e fotos, tudo extremamente simples, mas que conquista pela eficiênca.

A linha musical segue com influência confessa dos precursores do gênero: Sarcófago, Hellhammer e Darkthrone. Tudo é elaborado tendo como base arranjos ríspidos e muitas vezes instintivos, que transmitem toda a conhecida atmosfera obscura de forma bem básica e com letras vociferadas em nossa língua materna – o que é coerente, levando em conta a proposta da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda que não apresente um repertório realmente diversificado, existe uma consistência na qualidade e ritmo, sendo que várias canções convencem pela atitude áspera, como "A escuridão me conforta" e "Batalhão de Extermínio". Mas é "E a Morte Triunfa..." exatamente o tipo de canção com os benefícios de sua curta duração que o álbum necessitaria apresentar com mais frequência.

De qualquer forma, "Despertar dos Chacais... O Outono dos Povos" possui boas doses daquele assalto sensorial exclusivo para poucos – ou seja, o público blackbanger. Se o leitor se encaixa no perfil e não conhece o Brutal Morticínio, em seu myspace há um link para baixar todo o disco. E, considerando que a banda agora é um quinteto, é aguardar para ver como estará soando o próximo registro!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Contato: www.myspace.com/brutalmortis

Brutal Morticínio - Despertar dos Chacais... O Outono dos Povos
(2009 / independente – nacional)

01. A Escuridão me conforta
02. Banho de Sangue
03. A Eterna Marcha da Devastação
04. Estúpido e Podre Homem Branco Cristão
05. Embarcações da Morte
06. E a Morte Triunfa...
07. Batalhão de Extermínio
08. A Longa Noite dos Corvos (Civilização Cristã)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.