A Sorrowful Dream: belo álbum de Gothic, Doom e Black Metal

Resenha - Toward Nothingness - A Sorrowful Dream

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


É sempre gratificante observar que, por mais que apareçam obstáculos, a necessidade de expressão de alguns conjuntos é tão forte que os impele a seguir adiante. Este é o caso do A Sorrowful Dream, banda do interior gaúcho que atualmente tem como base a cidade de Porto Alegre e está liberando suas demos desde 1996.

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros

Agora, após tanto tempo trabalhando duro pelo underground, o A Sorrowful Dream está estreando em disco, onde nem mesmo as frequentes mudanças em sua formação conseguiram abalar a integridade da proposta original de sua música. Assim sendo, o independente "Toward Nothingness" é um belo álbum de Gothic, Doom e Black Metal, cuja proposta está fortemente ligada à cena européia dos anos 90, com boas referências na primeira fase do Tristania, quando ainda contava com a presença de Morten Veland.

Entre a agressão e a delicadeza, o uso de vocalizações masculinas que se alternam entre os guturais e limpos ao lado de linhas femininas, elementos da música clássica e muita distorção suja, mostram que o grupo optou conscientemente por não apresentar nada de novo. E isso está longe de ser um problema, em especial quando o repertório é bem estruturado e executado com segurança, reflexo óbvio daquela técnica cuidadosamente lapidada ao longo dos anos.

Apesar de geralmente longas, as faixas receberam tal tratamento com mudanças rítmicas e melódicas que tornaram a audição bastante atraente. Entre a melancolia e muitas ocasiões furiosamente tensas - as guitarras estão excelentes neste quesito! - não faltam composições inéditas e marcantes como "Last Whisper From A Winter Gale" ou "Timeless", além das ótimas e já conhecidas "The Bringer Of Light" e "Tree Of Lies".

Com um projeto gráfico simples, mas de bom gosto visual, "Toward Nothingness" foi gravado no Hurricane Studio da capital gaúcha, tendo sua produção, mixagem e masterização ficado ao encargo do produtor uruguaio Sebastian Carsin (Enthroned). O disco convence com sobras, sendo bastante indicado ao público que aprecia ser envolvido pelas emoções sombrias que somente o Gothic Metal pode proporcionar. Se o leitor se encaixa neste perfil, confira sem receio.

Contato:
http://www.asorrowfuldream.com
http://www.myspace.com/asorrowfuldream

Formação:
Éder - voz
Josie - voz
Lucas - guitarra e violino
Jô - guitarra
Tuko - baixo
Mary - teclados
Mano - bateria (convidado)

A Sorrowful Dream - Toward Nothingness
(2009 - independente / nacional)

01. Last Whisper From A Winter Gale
02. The River That Carries My Loss
03. Body, Mercy And Madness
04. The Bringer Of Light
05. Empire On Fire
06. Timeless
07. Tree Of Lies
08. Harpies (For The Love Of The God)
09. A Sorrowful Dream (bonus)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "A Sorrowful Dream"


Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerSupergrupos
Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer

Momentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outrosMomentos bizarros
Histórias de Ozzy, Stones, Who e outros


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClioIL