Ravenland: representante do Gothic Metal feito no Brasil

Resenha - ...And A Crow Brings Me Back - Ravenland

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Natural da capital paulista, o Ravenland iniciou sua trajetória em 1997 e rapidamente várias portas se abriram para o conjunto, mas, infelizmente, algumas dificuldades fizeram com que a banda encerrasse suas atividades. O retorno ocorreu somente em 2006 e, graças às facilidades da internet, registros como "Black" (06) e "Back" (07) possibilitaram que um novo reconhecimento surgisse por parte de várias nações.

Agora, sob a tutela da Free Mind Records, o Ravenland está estreando com o caprichadíssimo "...And A Crow Brings Me Back". Por aqui o ouvinte se deparará linhas vocais masculinas, limpas e profundas, que encontram parceria nas vocalizações femininas, simples, mas muito agradáveis. A parte instrumental é uma cuidadosa mescla de Heavy, Doom e Gothic Metal, com frequentes e bons solos de guitarras.

publicidade

Mesmo procurando inserir elementos que proporcionem alguma distinção em sua melancólica forma de expressão, é a essência de grupos como Flowing Tears, Moonspell ou The 69 Eyes que são as referências recorrentes em "...And A Crow Brings Me Back". Ou seja, o resultado geral não é inovador, mas há ótimas composições como "Pressage", "Nas Asas do Corvo" e "The Crow", além das já conhecidas "Velvet Dreams" e "Soulmoon".

publicidade

O grupo também incrementou o disco com uma caprichada e descontraída faixa multimídia com o clipe oficial de "End Of Light" (que inclusive entrou na programação da MTV brasileira), fotos do making of e um pequeno texto sobre a história de amor e morte ocorrida no castelo do tal vídeo.

Vale citar que há alguns personagens conhecidos do público participando de "...And A Crow Brings Me Back". O disco foi gravado no estúdio paulistano Fusão, com produção e mixagem de Ricardo Confessori (Angra, Shaman), responsável também pela gravação da bateria, além de a masterização ter ficado sob a responsabilidade de Waldemar Sorychta (Moonspell, Lacuna Coil, Tiamat). O álbum contou também com a participação especial do guitarrista Tommy Lindal (Theatre Of Tragedy) em "Velvet Dreams" e "The Crow".

publicidade

Muitos vêm considerando o Ravenland como o maior representante do Gothic Metal feito atualmente em território brasileiro. Pode ser, mas também poderá ser necessário que o Corvo procure alguma singularidade que o afaste do resto do bando para garantir sua sobrevivência. Este é um primeiro disco, dono de ótimas canções que mostram que talento não é problema – é questão de tempo, apenas isso.

publicidade

Contato:
http://www.ravenland.net
http://www.myspace.com/ravenland

Formação:
Camilla Raven - voz e violino
Dewindson Wolfheart - voz
Albanes Gonçalves - guitarra
João Cruz - baixo
Ricardo Confessori - baterista convidado

publicidade

Ravenland - ...And A Crow Brings Me Back
(2009 / Free Mind Records – nacional)

01. After The Sun Hides (intro)
02. She Will Bleed Again (prólogo)
03. Presage
04. The Last Sunset
05. End Of Light
06. Velvet Dreams
07. Burning For You
08. Soulmoon
09. Nas Asas Do Corvo
10. The Crow
11. Tragic Romance
12. ...Till Death Us Unite Again
13. Zodiac
14. Regret
15. Soulmoon (EP version)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin