Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemDead Fish diz que "tem fã que é melhor perder" e explica posicionamento político

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemCuecão de couro: Rob Halford posa com suas "great balls of fire" em camarim

imagemA radical atitude de Billie Joe, do Green Day, contra decisão dos EUA sobre aborto

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone


Bible Of The Devil: proposta retrô cativa pela nostalgia

Resenha - Freedom Metal - Bible Of The Devil

Por Ben Ami Scopinho
Em 22/05/09

Nota: 8

Embora seja um veterano na cena de Chicago (EUA), seu nome ainda pode gerar algumas confusões por aí... Mas o Bible Of The Devil consegue mostrar que o cenário underground norte-americano está longe de produzir somente aquelas bandas mais alternativas que tem estado em evidência nos últimos anos. Na ativa desde 1999, o grupo está lançando seu quinto álbum com uma proposta bem retrô, mas que cativa pela nostalgia transmitida por cada uma de suas composições.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Analisando friamente, "Freedom Metal" não se preocupa em apresentar uma real identidade musical. Longe disso. Ainda que Mark Hoffmann tenha um timbre que remeta parcialmente a Dave Wyndorf (Monster Magnet), seus músicos possuem mesmo é um impressionante talento em render verdadeiras homenagens às mais influentes bandas que o Hard Rock e o Heavy Metal apresentaram ao mundo e que fizeram história entre a segunda metade dos anos 1970 e início da década seguinte.

Para o leitor ter uma idéia do respeito que o Bible Of The Devil tem pelos velhos tempos, cito duas das melhores composições do álbum: "Hijack The Night" e "Ol’ Girl". A primeira poderia ter sido composta pelo Kiss em seus melhores momentos, e a segunda encheria de orgulho o falecido Phil Lynott, do Thin Lizzy. E, durante a audição, a sensação de Déjà vu prossegue firme, com inúmeras referências ao Ted Nugent, Grand Funk, Motorhead e uma sempre interessante veia do famoso NWOBHM de Iron Maiden ou Saxon.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Em uma época em que o público parece dar mais valor às bandinhas covers, o Bible Of The Devil até se prontifica a fazer algo similar, mas tocando músicas autorais que parecem ter sido compostas pelos mestres em seus dias de glória – e não possuem pudores de em mostrar isso para todo mundo. Tudo é muito familiar e totalmente recomendável àqueles que curtiram o Hard Metal em seus primórdios. Muito bom!

Formação:
Mark Hoffmann - voz e guitarra
Nate Perry - guitarra
Darren Amaya - baixo
Greg Spalding - bateria

Bible Of The Devil - Freedom Metal
(2008 / Cruz del Sur Music – importado)

01. Hijack The Night
02. Night Oath
03. The Turning Stone
04. Womanize
05. 0Heat Feeler
06. Ol’ Girl
07. Greek Fire
08. 500 More

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Homepage:
http://www.bibleofthedevil.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.