Blackwinds: padrão da música extrema dos países nórdicos

Resenha - Flesh Inferno - Blackwinds

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Blackwinds é um projeto que iniciou suas atividades em 1998, na Suécia, sendo capitaneado por dois músicos relevantes no cenário Black Metal de seu país: o baterista Lord Mysteriis (Setherial, In Battle) e o vocalista Infaustos. Na realidade a dupla havia liberado apenas o EP “The Black Wraiths Ascend” (99) e simplesmente sumiu do mapa. Em compensação, agora em 2008 já lançaram dois CDs completos, “Origin” e “Flesh Inferno”.
5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns5000 acessosNoisecreep: dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s

Estilisticamente “Flesh Inferno” não foge do padrão a que estamos acostumados a observar na música extrema dos países nórdicos. Faz-se presente toda a sensação de isolamento e, mesmo o Blackwinds não sendo tão veloz quanto, é inegável que há muitos elementos – em especial as guitarras – que remetem à sonoridade do próprio Setherial.

Pontos significativos podem ser encontrados nas atmosferas geradas pelos teclados e sintetizadores, e, principalmente, nas excelentes linhas vocais de Infaustos, gritadas e totalmente satânicas. Com uma produção que valoriza muito da sujeira do Black Metal, “Flesh Inferno” também investe em certa polidez que torna os instrumentos ainda mais encorpados, mas gerenciada de tal maneira que mantém toda a coerência que se pode esperar no gênero.

Embora não haja maiores informações sobre os outros músicos que provavelmente tocaram em “Flesh Inferno”, seu repertório oferece ótimas canções como “Enter The Pandemonium”, “Inquisition”, “Seraphim Ephemeral” ou “Quintessence Of Hell”. O Blackwinds não oferece surpresas, mas merece ser conferido pelos adeptos do gênero.

Blackwinds - Flesh Inferno
(2008 / Regain Records - importado)

01. Before Time
02. Enter The Pandemonium
03. Architecture Of Phantasmaghoria
04. Flesh Inferno
05. Plague Bringer
06. Seraphim Ephemeral
07. Inquisition
08. Crimson Thirst
09. Conceptualizing The Devil
10. Quintessence Of Hell

Contato: www.myspace.com/blackwindsdomain

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Blackwinds"

Mais Alto!Mais Alto!
A diferença entre headbangers e humanos comuns

NoisecreepNoisecreep
As dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s

Joey RamoneJoey Ramone
Em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'R

5000 acessosOs Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 19855000 acessosKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da banda5000 acessosSilas Malafaia: pastor manda um stage-dive no meio da plateia4625 acessosRush: Alex Lifeson e a alma injustiçada da banda4605 acessosEric Martin: O grunge acabou com muitas bandas nos anos 904806 acessosSebastian Bach: "O Skid Row é feliz sendo banda pequena"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online