Cause For Effect: sem padrão comercialmente viável

Resenha - Professional 300 - Cause For Effect

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Bem... Confesso que já me apareceram álbuns com sonoridades estranhas ao longo dos anos, mas nenhum se compara à proposta desta banda. Natural da Finlândia e na ativa desde 1992, o Cause For Effect começou como um trio, mas devido a alguns problemas com seus guitarristas, desde 1999 se tornou um duo onde Tuomo e Ari são, respectivamente, baixo/voz e bateria.
5000 acessosAlice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"5000 acessosSlipknot: causando medo no cantor Latino durante o Rock In Rio

Perceberam? Não há guitarras, teclados ou qualquer outra coisa, nem convidados tocando alguns destes instrumentos... E, mesmo assim, esta dupla tem as manhas de executar música extrema que se aproxima do chamado grindcore, e que ao longo dos anos foram registradas em EPs, MCDs e CDs, que lhes renderam a oportunidade de tocar com Napalm Death, Entombed e Nasum.

“Professional 300” é um MCD liberado em 2004 e que está chegando agora ao Brasil. A simplicidade gráfica – a capa se parece com uma contracapa convencional – beira o absurdo e consegue tornar tudo ainda mais bizarro neste registro. São 18 faixas em pouco mais de 14 minutos, e apenas duas conseguem ultrapassar um simples minuto, onde Tuomo e Ari se esforçam com os poucos recursos que tem à disposição, seja debulhando (literalmente!) o contrabaixo, explorando com criatividade o kit de bateria e soltando linhas guturais totalmente cavernosas, em ritmos velozes, cadenciados e mais lentos.

“Professional 300” possui uma audição difícil, mas longe de ser impossível. Não há comparação com nenhuma outra banda que eu já tenha ouvido entre as chamadas ‘bandas brutais’, mas é um item bastante indicado aos curiosos que estão sempre garimpando sonoridades distintas, destas que não se enquadram em nenhum padrão comercialmente viável.

Contato: fusiongrind@hotmail
http://listen.to/cfe

Cause For Effect - Professional 300
(2004 / independente – 2007 / Bucho Discos – nacional)

01. Barbaric Response
02. P
03. Dynamic Bass Boost Level Control
04. The Cosmic Experience
05. The Cosmic Possibility
06. Cosmic And Natural
07. Pulsar And Pluto
08. Opus 4
09. Rytmist
10. 13+1
11. Bo Saurén
12. Hermetic Division
13. Special Quality And Unique Identity
14. Flexyble Modern
15. Kpula
16. Show Me The Local
17. 300
18. Spot Is A Dog

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cause For Effect"

Alice in ChainsAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

SlipknotSlipknot
Causando medo no cantor Latino durante o Rock In Rio

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1983

5000 acessosDave Mustaine: o que ele acha da declaração de Kirk Hammett sobre sua saída?5000 acessosMotorhead: Lemmy manda a real sobre os terroristas de Paris5000 acessosWikimetal: Seis motivos para gargalhar ouvindo Heavy Metal4028 acessosKiss: orgulho por estar na categoria de bandas clássicas5000 acessosSlipknot: A banda é satânica? O que diz Corey Taylor?5000 acessosGuns N' Roses: "último show foi em 1990", diz ex-empresário

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online