Kamelot: material que deve estar na sua estante

Resenha - One Cold Winter's Night - Kamelot

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago El Cid Cardim
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Depois de dois discos sublimes como “The Black Halo” e “Ghost Opera”, os estadunidenses do Kamelot subiram muitos e consideráveis degraus no Olimpo metálico, estabelecendo um padrão ainda mais alto para o seu trabalho e criando, inclusive, um elogiável e inegável estilo próprio. A odisséia de superação de qualidade continua com este imperdível DVD ao vivo, “One Cold Winter’s Night”. Gravado em pleno Rockfeller Center na cidade norueguesa de Oslo, durante um dos invernos mais longos dos últimos anos, o show consegue ser dos mais quentes, incendiário até, abarcando uma produção belíssima e digna de aplausos – e com uma platéia nórdica que, se não chega aos pés da agitação e loucura dos sul-americanos, entrou suficientemente no clima para tornar a festa completa.
361 acessosKamelot: Turnê pelos EUA para promover novo álbum5000 acessosSlayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Usando e abusando de efeitos de luzes, pirotecnias, alternância de cenas coloridas e em P&B envelhecido e ângulos de câmera pra lá de inusitados graças a um inteligente comando da câmera-grua, a equipe de produção de “One Cold Winter’s Night” foi além – no dueto do vocalista Roy Khan com Mari Youngblood (esposa do guitarrista Thomas e participante dos discos “Epica” e “The Black Halo”) na pungente e triste balada “Abandoned”, chega até a nevar em pleno palco. Por falar em Mari – que ainda solta a voz em “Center of The Universe” e faz uma impressionante performance diante do espelho em “Elizabeth” -, ela é apenas uma das muitas participações especiais. Simone Simmons, a bela vocalista ruiva do Epica, aparece para repetir a parceria com Khan em “The Haunting” e é aclamada pela multidão de cabeludos. O produtor superstar Sascha Paeth surge para dar uma palhinha de guitarra em “Moonlight”. E em “The March of Mephisto”, a voz de Shangrath (Dimmu Borgir) só aparece em playback, mas o ator Snowy Shaw faz as vezes do diabão de Goethe, enquanto a atriz Elizabeth Kjaernes interpreta a mesma Helena do ótimo videoclipe.

No entanto, o grande ponto alto da noite é mesmo o frontman Khan, um dos nomes contemporâneos mais destacados na arte de soltar a voz em bandas de heavy metal. O sujeito encarna como uma luva o conceito que já chamei por aqui de “Andrew Lloyd Webber Metal”, dando ainda mais ares de musical cheio de pompa e circunstância à sonoridade do Kamelot. Falar sobre a limpeza e versatilidade – do agudo ao rasgado sem maiores problemas - de seu privilegiado gogó é chover no molhado. Mas ao vivo, o cara parece possuído, entregando tanta emoção que é possível ver em seus olhos e no gestual a letra do que está cantando. Performático, ele faz caras e bocas, ergue as mãos para os céus, ajoelha e até se joga no chão. Tudo isso sem perder a expressão demoníaca que combina perfeitamente com todo o conceito do disco.

Destaque também para o performático baterista Casey Grillo, sempre acrobático e rodando as baquetas em volta da cabeça, mas sem tirar os olhos do computador que se tornou parte complementar de seu kit.

Enquanto o primeiro DVD traz a apresentação na íntegra, o segundo vem repleto de extras. Estão lá o documentário “Halo Vision”, que mostra os detalhes da realização do disco “The Black Halo” e do próprio DVD; os mini-documentários “Up Close”, que permitem uma viagem ao cotidiano de Grillo, Youngblood e do tecladista Oliver Palotai; outro mini-documentário estrelado por Grillo, desta vez na loja de baterias DDrum; uma entrevista com Simone Simmons; os clipes de “The March of Mephisto” (com e sem cortes) e “The Haunting”; o making of do clipe “The Haunting” e o registro de “The March of Mephisto” ao vivo durante o Sweden Rock 2006. A grande cereja do bolo, porém, é o vídeo de “Serenade” dirigido pelo próprio baterista, misturando cenas da recente turnê (shows e também bastidores) e depoimentos de fãs. São fartas as seqüências nas quais é possível vê-los tocando no palco do Via Funchal, em São Paulo, e também curtindo as atrações turísticas no Rio, andando no bondinho do Cristo Redentor, posando ao lado de uma latinha de Skol e até ensaiando uma batucada de pandeiro com uns sambistas em pleno Calçadão.

É daquele tipo de material que deve estar na sua estante para ser visto e revisto um bom punhado de vezes.

Gravadora: Hellion Records (Nacional)
Websites: www.kamelot.com / www.hellionrecords.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de One Cold Winter's Night - Kamelot

2462 acessosKamelot: qualidade espantosa que justifica elogios3565 acessosResenha - One Cold Winter's Night - Kamelot4372 acessosKamelot: registro em DVD de uma excelente fase

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

361 acessosKamelot: Turnê pelos EUA para promover novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kamelot"

Roy KhanRoy Khan
Ouça vocalista cantando música gospel

Elizabeth BathoryElizabeth Bathory
O legado da condessa sanguinária no cenário Rock

InspiraçãoInspiração
Bandas que adotaram títulos de músicas como nome

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Kamelot"

SlayerSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

AngraAngra
Banda errou na escolha de Fabio Lione?

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Renato Aragão

5000 acessosPink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da banda5000 acessosPhil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista5000 acessosIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock5000 acessosKerrang: Os 5 melhores álbuns feitos em pouco tempo5000 acessosAnthrax: Spitz afirma que Jesus é a razão de ele ainda respirar5000 acessosRockstars: comprovado cientificamente porque as mulheres os amam

Sobre Thiago El Cid Cardim

Thiago Cardim é publicitário e jornalista. Nerd convicto, louco por cinema, séries de TV e histórias em quadrinhos. Vegetariano por opção, banger de coração, marvete de carteirinha. É apaixonado por Queen e Blind Guardian. Mas também adora Iron Maiden, Judas Priest, Aerosmith, Kiss, Anthrax, Stratovarius, Edguy, Kamelot, Manowar, Rhapsody, Mötley Crüe, Europe, Scorpions, Sebastian Bach, Michael Kiske, Jeff Scott Soto, System of a Down, The Darkness e mais uma porrada de coisas. Dentre os nacionais, curte Velhas Virgens, Ultraje a Rigor, Camisa de Vênus, Matanza, Sepultura, Tuatha de Danaan, Tubaína, Ira! e Premê. Escreve seus desatinos sobre música, cinema e quadrinhos no www.observatorionerd.com.br e no www.twitter.com/thiagocardim.

Mais informações sobre Thiago El Cid Cardim

Mais matérias de Thiago El Cid Cardim no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online