Apocalypse: tentando corrigir uma injustiça

Resenha - Live In Rio - Apocalypse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O gaúcho Apocalypse está na estrada desde 1983 e tem na bagagem quatro discos de estúdio, além de um ao vivo e algumas participações em coletâneas. Desde o início apoiado pelo selo francês Musea, especializado em Rock Progressivo, o grupo frequentemente conseguiu boa repercussão nas principais publicações do cenário progressivo no exterior, mesmo com a barreira do idioma, considerando que sempre cantaram na língua portuguesa.
5000 acessosGuitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos5000 acessosSilas Malafaia: pastor manda um stage-dive no meio da plateia

Mas, mesmo com todo este reconhecimento por parte dos gringos, o Apocalypse continua sendo praticamente um desconhecido em vários estados de seu próprio país, e esperemos que “Live In Rio” ajude a modificar este panorama desconcertante. Lançado em CD e DVD pelo selo Rock Symphony, esta apresentação foi gravada no Teatro Municipal, em Niterói (RJ), em oito de setembro de 2005, quando foram convidados para abrir o “The Rock Symphony For The Record Festival”.

Com uma produção de palco relativamente simples e um público bastante comportado, este é o primeiro registro ao vivo com a nova formação – é a primeira mudança nos últimos 20 anos de atividades. Mesmo mantendo toda a virtuose e sentimento do Rock Progressivo, a idéia aqui foi o Apocalypse dar a seus maiores sucessos uma roupagem mais direta, além destas novas versões agora serem cantadas em inglês. Assim sendo, são poucas as canções em que se observam as longas incursões instrumentais típicas do estilo, e até mesmo os solos individuais estão bastante comedidos, mas não menos emocionantes, em especial o do guitarrista Ruy Fritsch, que dá uma aula de feeling nesta ocasião.

Além do show propriamente dito, há uma seção de fotos, biografia, discografia e amostras sonoras, além de uma pequena entrevista com a banda, dividida em duas partes. E este é o único ponto que deixa a desejar no DVD. É claro que é um apenas um extra, mas o fato é que, além da tal entrevista não estar bem conduzida, as informações ficaram por demais fragmentadas. Num registro como este, poderia (ou deveria?) ter sido planejado uma matéria que abrangesse de forma completa a carreira de uma banda de Rock Progressivo com tanta história para contar, e que é tão importante quanto negligenciada pelo público do Brasil.

“Live In Rio” é um bom registro, em especial pela apresentação ao vivo, cuja edição das imagens está excelente, assim como qualidade do som, que é oferecida nas opções Stereo e Dolby 5.1. São mais de 80 minutos que merecem uma cuidadosa apreciação por parte dos amantes de bandas como Genesis, Yes, Uriah Heep e, principalmente, o Marillion, que é claramente a maior influência por aqui.

Formação:
Gustavo Demarchi – voz e flauta
Ruy Fritsch – guitarra
Magoo Wise – baixo
Eloy Fritsch – teclados
Chico Fasoli – bateria

Apocalypse - Live In Rio
(2007 / Rock Symphony – distribuído pela Hellion Records)

01. Cut
02. South America
03. Refuge
04. Mirage
05. Crying For Help
06. Blue Earth
07. Freedom
08. Magic
09. Waterfall Of Golden Waters
10. Tears
11. Time Traveller
12. Coming From The Stars Medley
13. Peace In The Loneliness

Homepage: www.apocalypseband.com

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Live In Rio - Apocalypse

1274 acessosResenha - Live In Rio - Apocalypse2259 acessosApocalypse: reconhecimento tardio no Brasil802 acessosApocalypse: 72 minutos de música que não cansa

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Apocalypse"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Apocalypse"

Guitar WorldGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Silas MalafaiaSilas Malafaia
Pastor manda um stage-dive no meio da plateia

Hair MetalHair Metal
Os maiores cabelos da história do rock pesado

5000 acessosMetallica: Segundo Mustaine, James, Cliff e Kirk iam demitir Lars5000 acessosClassic Rock Magazine.com: Revista elege guitarristas mais selvagens5000 acessosGNR: "novos membros são uns idiotas", diz Michael Paget5000 acessosLed Zeppelin: "não espero que haja mais shows", diz Page5000 acessosRush: Lee "quis matar" Lifeson durante discurso no RRHoF5000 acessosGwar: "não haveria Slipknot sem o Gwar'"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online