Grand Lux: sem originalidade mas ainda bom

Resenha - Carved In Stone - Grand Lux

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


O leitor que nunca deixou de admirar as sonoridades feitas na década de 80 deve conferir sem demora este Grand Lux! A banda vem da distante Noruega, começou suas atividades em 1999 e estreou com "Iron Will" em 2005. Este primeiro registro permitiu que o Grand Lux assinasse com o selo sueco Ulterium Records, que está liberando agora seu mais novo álbum, "Carved In Stone", com 10 canções que seguem de "A a Z" a cartilha do mais puro Heavy Metal, direto da fonte dos clássicos.

Anette Olzon: ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sexta

Novas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecer

Apesar de possuírem muitas influências para serem dispostas em uma ordem lógica, os quatro pilares que sustentam a proposta do conjunto são Dio, Ozzy, Judas Priest e Kiss. Simples assim, mas conforme o disquinho vai rolando, temos que dar o braço a torcer, pois a coisa toda é empolgante. Os responsáveis diretos pelo resultado final tão bacana de "Carved In Stone" são o vocalista Phil Goode, que possui uma bonita voz – uma mistura de Rob Halford com Michael Sweet – em uma atuação bastante versátil, e, principalmente, os guitarristas B.D. Hughes e Kirk Evin. Esta dupla se sobressai nas bases e, mais ainda, nos ótimos solos (convenhamos, atualmente os duetos de solos de guitarras estão em franco declínio...).

Como não poderia deixar de ser, as composições são bem diversificadas e com belos refrões, merecendo destaque "1000 Paper Cranes", que abre o CD com toda a força do bom e velho Judas, inclusive nas vozes. A provável unanimidade fica por conta da agressiva "Escaping The Clouds", com um solo matador; também "Fallen Angel", de flertes bem sacados com o blues e "Like Hail From Blue Sky", onde as guitarras mostram muito de sua força. Finalizando, há como bônus um vídeo para "Escaping The Clouds".

O Grand Lux traz uma excelente produção, bem límpida, mas com os instrumentos soando pesadíssimos. Com certeza merece nota zero pela originalidade, mas os noruegueses ainda assim se saem muito bem. Se você detesta o complicado cenário metálico atual e fica relembrando os "bons e velhos tempos" ao escutar aquelas relíquias em vinil, procure conhecer "Carved In Stone". Será uma volta no tempo!

Formação:
Phil Goode - Voz
B.D. Hughes - Guitarra
Kirk Evin - Guitarra
Zack Rament - Baixo
Ran-Dee - Bateria

Grand Lux - Carved In Stone
(2007 / Ulterium Records - importado)

01. 1000 Paper Cranes
02. Fallen Angel
03. Escaping The Clouds
04. Eye Of The Storm
05. Through Dirt
06. Like Hail From Blue Sky
07. Love Reflection
08. Never Fall
09. Eternity In Fire
10. Rainbow’s End
11. Escaping The Clouds (vídeo bônus)

Homepage: www.grandlux.net




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Anette Olzon: ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sextaAnette Olzon
Ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sexta

Novas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecerNovas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin