Review: Acoustic Verses, novo do Green Carnation

Resenha - Acoustic Verses - Green Carnation

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O Green Carnation possui uma carreira marcada pela imprevisibilidade. Imprevisível no sentido de sempre surpreender os fãs, mudando o direcionamento musical a cada novo álbum, mas mantendo um alto nível de qualidade e sempre transitando dentro dos mais diversos estilos do heavy metal.

The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenhoDanilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro


"The Acoustic Verses", lançado em 2006, evidencia mais uma vez essa característica. A pretensão, que sempre esteve presente nos trabalhos do grupo, aqui bate o ponto mais uma vez. O projeto traz sete composições inéditas, ao invés de releituras de clássicos da banda. Além deste diferencial, outro ponto que fica evidente é o cuidado extremo do grupo com as composições, repleta de detalhes que fazem a diferença.

A alta qualidade está presente em todas as músicas do disco, mas alguns destaques devem ser feitos. São eles: o arranjo de cordas de "Alone", poema de Edgar Allan Poe musicado pelo grupo ; a carismática "Sweet Leaf", que abre o disco com o seu arranjo progressivo e melodia que não sai da cabeça ; o belíssimo vocal de "The Burden Is Mine ... Alone" ; a bela interação entre teclado e guitarra em "Child Play Part 3", resultando em melodias belíssimas ; a melancólica "Maybe?", excelente ; e a pretenciosa "9-29-045", que passeia com enorme talento pelos mais diversos climas e possui lindas passagens instrumentais.

A versão brasileira do álbum possui ainda uma bonus track, "Six Ribbons", lançada anteriormente no EP "The Burden Is Mine ... Alone".

Confesso que não esperava muito deste disco. Pois bem, caí da cadeira... "The Acoustic Verses" é um trabalho belíssimo, cheio de detalhes, com composições muito bem construídas, mostrando todo o talento desta grande banda chamada Green Carnation.

Surpreendente.

Faixas:
1. Sweet Leaf
2. The Burden Is Mine ... Alone
3. Maybe?
4. Alone
5. 9-29-045
6. Child Play Part 3
7. High Tide Waves
8. Six Ribbons


Outras resenhas de Acoustic Verses - Green Carnation

Green Carnation: arranjos ricos e feeling de sobraGreen Carnation: menos peso e mais versatilidadeResenha - Acoustic Verses - Green Carnation




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Green Carnation"


The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenhoThe Simpsons
10 melhores aparições de roqueiros no desenho

Danilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiroDanilo Gentili
O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336