Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO dia que Serguei fez um react do clipe de "Recomeçar", o hit do Restart

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagem"Metal Tour Of The Year" chega ao fim e Megadeth agradece bandas participantes

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"


Axl Rose: por que ele foi o entrevistado mais mala da MTV Brasil, segundo Astrid

Por Igor Miranda
Em 11/09/20

A MTV Brasil sob gestão do Grupo Abril foi fundada em 1990 e deixou de existir em 2013. Referência sobre música no Brasil, o canal fez história em seus mais de 20 anos no ar - e, até hoje, seus ex-VJs têm muito o que contar sobre os bastidores da emissora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao "Uol", os VJs Astrid Fontenelle, Edgard Piccoli, Marina Person, Sabrina Parlatore e Zeca Camargo revelaram diversas histórias relacionadas à MTV e aos músicos que participavam de programas da emissora. Quando eles foram perguntados sobre qual era o artista mais mala, a resposta foi unânime: o vocalista Axl Rose, do Guns N' Roses.

Astrid Fontenelle disse que Axl "era realmente muito peçonhento". Em meio a várias complicações para conceder uma entrevista à MTV Brasil, surgiu uma exigência curiosa: ele só toparia conversar com a emissora se o papo fosse conduzido pela VJ Cuca Lazzarotto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Na época do Rock in Rio (de 1991), ele não queria dar entrevista de jeito nenhum para a MTV Brasil. Uma hora esse cara, lá no hotel, liga a TV e a Cuca estava apresentando o 'Disk MTV' no meu lugar. O cara falou: 'eu quero dar entrevista para essa moça'. Ele queria de qualquer jeito a Cuca, ela tinha um namorado que não queria deixá-la fazer a entrevista, foi uma confusão", contou ela, destacando que, no fim das contas, Axl deu um "chá de cadeira" na Cuca Lazzarotto e a recebeu apenas pela madrugada.

Os caminhos de Axl Rose e da MTV Brasil voltaram a se cruzar - ou não. Astrid conta que houve uma segunda situação envolvendo o vocalista e mencionou que teria ocorrido "anos depois", mas tudo indica que o caso tenha rolado no ano seguinte, em 1992, quando o Guns N' Roses retornou ao Brasil para shows em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Anos depois, teve uma segunda com Axl Rose. Íamos passar a tarde com ele num barco na Baía de Guanabara, mas ele tinha ido embora direto do show e largou a banda", disse, inicialmente.

A ex-VJ comentou que o passeio foi realizado com o guitarrista Slash. "Quando a gente chegou no tal barco, o Slash - ele tem só uma roupa na vida, né? Aquela cartola, aquela calça... o Slash deu uma olhada para a gente. Negociamos muito, porque a lista de exigências deles tinha sido surreal. Uns chocolates que não existiam no Brasil, 50 toalhas brancas", contou.

Ainda durante o bate-papo, a também ex-VJ Marina Person falou sobre o Guns N' Roses ter "o pior fã-clube". "Pior fã-clube de todos! Não podia falar nada. A gente falava que esse 'Chinese Democracy' estava levando 10 anos para sair. Recebeu adiantamento da gravadora e nunca entregou. Aí diziam: 'ah, vocês da MTV odeiam Axl Rose, não entendem, ele é deprimido...'. Que fã-clube chato", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira, a seguir, o trecho da entrevista que menciona o GUns N' Roses e o bate-papo completo.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.