Resenha - After The Mourning - Blacklist Union

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Fazia muito tempo que não ouvia uma nova banda de rock´n´roll que viesse de Los Angeles e que soasse tão bem! O Blacklist Union está debutando com "After The Mourning", produzido por Chris Johnson (Evanescence, Goldfinger) e vem conseguindo boa repercussão pelo underground de seu país, além de Canadá, Europa e Japão.

E convenhamos, o Blacklist Union merece todos os elogios. Seus tatuadíssimos integrantes, Tony West (voz), Mark Fain (guitarra), Joey B (baixo) e Moon Hills (bateria) não tocam nada além do genuíno rock´n´roll básico e visceral, mas executado da melhor maneira possível e com tanta inspiração que fisga rapidamente o ouvinte.

publicidade

Num primeiro momento se sobressai West com sua peculiar voz, algo misteriosa, meio cantada, meio resmungada – lembrando um pouco Ozzy – mas parar por aí e não mencionar os outros músicos seria uma injustiça. O Blacklist Union é como uma máquina onde cada músico é uma engrenagem fundamental para o produto final. Grandes guitarras despejando melodias desencanadas, solos que, sejam curtos ou longos, não abrem mão do feeling, além de uma seção rítmica possante e diversificada.

publicidade

Há várias canções que têm todo o potencial para se tornarem hits, principalmente a faixa-título que abre o álbum, com toda sua raiva melódica, e também "I Tried", meio retrô e até mesmo dançante, mostrando Tony West em um de seus melhores momentos. Mas as boas músicas não param por ai, há arrasa-quarteirões com muita distorção como "Please Kill Me", a melodiosa "Out Of Touch" e "Another World", esta última com insinuações psicodélicas. Baladas? "Dying To Live" é seu nome, bem setentista e até mesmo clichê, mas que com certeza será cantada por todos durante as apresentações.

publicidade

Nestes dias em que muitas bandas buscam modernizar cada vez mais sua música, é um prazer escutar o Blacklist Union, que não se afasta das raízes do rock´n´roll. E com tão pouco tempo de estrada, "After the Mourning" traz uma qualidade que surpreende. Vamos ver o que o futuro reserva a este quarteto... Sua música é totalmente indicada a quem curte os primórdios do Aerosmith, Motlley Crue e Jane´s Addiction.

publicidade

Blacklist Union - After The Mourning
(2006 / B.L.U. Records – importado)

01. After The Mourning
02. Another World
03. Please Kill Me
04. Beauty In Disguise
05. I Tried
06. Everything You Need
07. Dying To Live
08. Out Of Touch
09. Back To Zero
10. Waiting On You

Homepage: www.blacklistunion.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Tarja
Agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000

Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin