Resenha - Legend And The Truth - Dezperadoz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Muitos se surpreenderam ao ouvir "The Dawn Of Dying" (00), álbum de estréia do Desperados, projeto do alemão Alex Kraft que foi liberado para o Brasil no ano passado. A impensável mistura de Power Metal com melodias típicas das trilhas sonoras de filmes do velho-oeste norte-americano, além do ótimo desempenho vocal de Tom Angelripper (Sodom), realmente tornaram sua sonoridade marcante.

Slipknot: Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saídaCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agora o guitarrista e aqui também vocalista Kraft vem novamente acompanhado por um time de primeira: Dennis Ward (Pink Cream 69) nas guitarras, Alex Weingand no baixo e Sascha Tilger nas baquetas. E, com uma pequena alteração em seu nome, o Dezperadoz (com "Z") volta a cuspir chumbo neste seu segundo álbum chamado "The Legend And The Truth", que conta a história de Wyatt Earp, um dos legendários personagens do velho-oeste, considerado herói pelos românticos e um salafrário, bandido mesmo, pelos historiadores.

Pelo fato de Tom Angelripper não ser mais o vocalista principal, o disco não soa tão agressivo quanto seu antecessor, mas traz muito peso - há insinuações de thrash em várias ocasiões - e grandes melodias, acabando por soar mais pegajoso. Há a participação, às vezes bem discretas, de inúmeros artistas famosos interpretando os personagens da história em vários pontos das canções, como Tobias Sammet (Edguy), Michael Weikath (Helloween), Joacim Cans (HammerFall), Doro Pesch, entre vários outros. O resultado naturalmente ficou excelente.

A proposta musical é alcançada principalmente na emocionante "March To Destiny", é escutar e sair cantando por aí, e também não fica muito atrás a semi-balada "Deadman Walkin'". Reforçando o tom do CD, algumas faixas instrumentais orquestradas e climáticas, vinhetas e uma música country com elementos acústicos de nome "Hellbilly Square", além da releitura de um clássico do gênero, "Rawride", aqui bem mais metálico.

Não poderia faltar Power Metal de primeira e com grandes refrãos, se destacando "Dust Of History", "Friends Til The End" e na espetacular "O.K. Corral", com um clima de suspense perfeito para o tiroteio mais famoso da história dos EUA. E adivinhem os sons que saem das caixas de som na curta instrumental "Shootout"?

Heavy Metal e Western... Por mais que a mistura pareça conflitante, o Dezperadoz fez mais um grande trabalho, com muitos momentos superiores ao registro anterior. Pesado e acessível, "The Legend And The Truth" tem potencial de sobra para conquistar amantes dos mais variados subgêneros do Heavy Metal. Excelente!

Dezperadoz - The Legend And The Truth
(2006 - AFM Records / Rock Brigade Records - nacional)

01. The Legend And The Truth
02. Dust Of History
03. First Blood
04. Dead Man Walkin'
05. Rawhide
06. Tombstone
07. Hellbilly Square
08. March To Destiny
09. OK Corral
10. Shootout
11. Look Into The Barrel Of My Gun
12. Earp's Vendetta
13. Friends Til The End
14. Echoes Of Eternity
15. Alex

Homepage: www.dezperadoz.com


Outras resenhas de Legend And The Truth - Dezperadoz

Resenha - Legend And The Truth - Dezperadoz




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dezperadoz"


Slipknot: Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saídaSlipknot
Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída

Capas de álbuns: algumas curiosidades e históriasCapas de álbuns
Algumas curiosidades e histórias


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336