Resenha - ...A Machine That Never Falters - Cathode

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Os holandeses do Cathode chegam a seu primeiro CD com uma abordagem diferente para o hardcore/punk rock: o lado obscuro. Tal fato pode ser atestado numa primeira observação do CD e sua arte gráfica. Outro fator (e esse sim é o determinante) é o contexto lírico do mesmo, um ar depressivo na abordagem de críticas sociais e de revolta contra as injustiças que devastam nosso cotidiano.

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroBandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometer

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tal abordagem não significa que a barulheira e o peso não estejam presentes e ativos. "Ornaments" é lenta, cadenciada e pesadíssima, enquanto que "Steeped In Conviction" é fortemente influenciada pelo Slayer. "Sincere Lifetime" é uma pedrada que não chega a dois minutos, enquanto "Sabot-Age" destrói nossos ouvidos com guitarras a velocidade da luz e um vocalista que deixaria Barney Greenway orgulhoso.

As demais faixas só reforçam o caráter hardcore do CD, como "An Art Worth Living" (mais lenta) e "Dead End Road" (o destaque, com 5 minutos de pura loucura e insanidade thrash). Para quem ama peso, um prato cheio. A lamentar apenas a dificuldade de se achar informações sobre a banda no encarte, que seguiu o conceito obscuro do CD e abstraiu vários detalhes do mesmo.

É com bons olhos que vejo lançamentos como este chegarem ao Brasil, porque assim poderemos sair do lugar-comum de só conhecermos os medalhões do hardcore, descobrindo os grandes nomes que habitam o underground.

Terroten Records - 2006 (NACIONAL)
Porto Alegre (RS)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cathode"


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometerBandas Iniciantes
11 cagadas que vocês NAO podem cometer


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336