Resenha - Anthology - Bruce Dickinson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Johnny Z.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Todo e qualquer lançamento que seja relacionado ao Iron Maiden, seja ele um simples tributo ou alguma novidade de um ex-membro da donzela, gera uma expectativa gigantesca, de igual proporção ao nome: IRON MAIDEN.
615 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosAfinal de contas, o que é um riff?

A Donzela de ferro, desde sua formação até os dias de hoje, cativa de uma forma tão intensa que torna todos seus novos fãs em fanáticos da noite para o dia, e eleva ainda mais o grau de fanatismo de todos seus fãs mais antigos.

A cada novo lançamento da banda um verdadeiro caos (no bom sentido) se instala pelas revistas sobre Heavy Metal, internet e lojas de música, porque a procura de informação cresce de forma assustadoramente rápida e maçante.

Em breve, todo esse alvoroço dos fãs e da imprensa recomeçará, porque ainda esse ano teremos o novo álbum do Iron Maiden, já intitulado "A MATTER OF LIFE AND DEATH".

Enquanto esse já "grandioso" álbum não é lançado, os verdadeiros fãs da banda podem se deliciar com o mais novo lançamento do vocalista da Donzela, Bruce Dickinson, o tão esperado DVD triplo intitulado "Anthology".

Pelo título já dá para se ter uma idéia do conteúdo desse DVD, um verdadeiro registro completo com os dois vídeos oficiais do cantor ("Dive! Dive! Live! de 1990 e "Skunkworks Live" de 1996) lançados anteriormente somente em VHS importado, e todos os clipes gravados por Bruce desde o início de sua carreira solo até os dias de hoje.

Logicamente que nesse maravilhoso pacote, Bruce fez questão de nos brindar com algumas surpresas como por exemplo o vídeo do show gravado no Via Funchal, São Paulo em 1999, o primeiro vídeo gravado pela banda pré-maiden Samson ("Biceps Of Steel" de 1981), entrevistas com Bruce Dickinson a respeito de cada vídeo clipe, e um mini-documentário em forma de entrevista com Bruce sobre as gravações do último álbum "Tyranny Of Souls" de 2005.

DVD 01: “Dive! Dive! Live” (aproximadamente 70 minutos)

Trata-se de um show gravado em 1990, no Town & Country Club, Los Angeles, EUA, na primeira turnê solo de Bruce Dickinson. Para sua banda Bruce contava na época com Andy Carr no baixo, Dickie Flitzar na bateria e Janick Gers na guitarra, que mais tarde se juntou ao Iron Maiden a pedido de Bruce, após a saída de Adrian Smith da banda.

Essa turnê solo, foi agendada em alguns meses antes de Bruce e Janick entrarem em estúdio com o Iron Maiden, para gravar o álbum “No Prayer For The Dying”.

Nesse show, Bruce mostra muita energia, simpatia e interação (o que ele sempre mostrou desde o início de sua carreira), com uma banda tocando, com garra e coesão, praticamente todas as músicas gravadas para o primeiro álbum solo “Tattooed Millionaire”, incluindo também quase todos os Lados-B de seus singles, e covers de bandas clássicas como Deep Purple e Ac/dc.

É nítido a enorme diferença de qualidades entre o VHS original, já bem rara de se encontrar, com a versão em DVD, mostrando a preocupação de Bruce para com seus fãs.

1. Riding With The Angels
2. Born In ‘58
3. Lickin’ The Gun
4. Gypsy Road
5. Dive Dive Dive
6. Drum Solo
7. Zulu Zulu
8. The Ballad Of Mutt
9. Son Of A Gun
10. Hell On Wheels
11. All The Young Dudes
12. Tattooed Millionaire
13. No Lies
14. Fog On The Tyne
15. Winds Of Change
16. Sin City
17. Bring Your Daughter To The Slaughter
18. Black Night

DVD 01: “Skukworks Live” (aproximadamente 60 minutos)

Show gravado ao vivo na Espanha, em Pamplona nos dias 31 de Março e 1 de Junho e 1996, na turnê de lançamento do álbum “Skunkworks”. Esse show até agora era uma espécie de “raridade” para os fãs, porque foi lançado em VHS somente para o mercado japonês, fazendo com que ou os fãs pagassem uma fortuna para adquirir o VHS original japonês ou conseguisse uma cópia pirata do mesmo.

Agora, antes tarde do que nunca, podemos ver esse excelente show, com qualidade indiscutivelmente melhor que o VHS original, onde Bruce, com uma banda toda diferente, e assumindo de vez o nome “Skunkworks”, se mostra um pouco afastado do Heavy Metal que o consagrou na época do Iron Maiden, já que nesse ano (1996) ele já não fazia parte da Donzela.

O Skunkworks era composto além de Bruce por Alex Dickson na guitarra, Alessandro Elena na bateria e Chris Dale no baixo.

Sua voz e perfomance de palco é incontestável, mas definitivamente ver e escutar Bruce cantando músicas em um estilo bem influenciado pelo grunge, faz com que a empolgação diminua um pouco o rítmo.

Não que seja ruim, pelo contrário, é um ótimo vídeo, mas depois de ver “Dive! Dive! Live”, é difícil de se aceitar esse tipo de sonoridade.

O set list era baseado quase que na totalidade por faixas do álbum “Skunkworks”, bem como lados-B de singles do mesmo, acrescido somente de uma faixa do “Tattooed Millionaire” e duas do segundo álbum solo “Balls To Picasso” (1994).

Este show tem uma particularidade, a presença de um cover do Iron Maiden, “The Prisoner”, já que após sua saída do Iron Maiden, Bruce afirmou categoricamente que não tocaria mais músicas da banda. Nessa hora é bem evidente a empolgação dos fãs espanhóis!!.

1. Space Race
2. Back From The Edge
3. Tattooed Millionaire
4. Inertia
5. Faith
6. Meltdown
7. I Will Not Accept The Truth
8. Laughing In The Hiding Bush
9. Tears Of The Dragon
10. God’s Not Coming Back
11. Dreamstate
12. The Prisoner

DVD 02: “Scream For Me Brazil” (aproximadamente 60 minutos)

Show gravado de forma “parcialmente” amadora, em São Paulo, no Via Funchal no ano de 1998, na turnê de promoção do álbum “The Chemical Wedding”.

O ano de 1999 foi bem generoso para os fãs de Bruce, Iron Maiden e principalmente fãs brasileiros. Uma turnê pelo solo brasileiro, passando por diversos lugares, como São Paulo e Curitiba, foi agendada e o melhor de tudo, Bruce iría gravar um álbum ao vivo em São Paulo, deixando todos em plena euforia.

Mais o melhor ainda estava por vir, e poucas semanas antes dos shows no Brasil foi oficialmente divulgado que Bruce e Adrian Smith (já nessa época tocava na banda solo de Bruce, onde gravou dois álbuns com o cantor “Accident Of Birth” e “The Chemical Wedding”, junto com Roy Z. na guitarra, Eddie Casillas no baixo e David Ingraham na bateria) estavam retornando ao Iron Maiden, deixando aquela euforia dos brasileiros em proporções astronômicas.

Com o Via Funchal totalmente lotado, Bruce fez um show memorável, com uma agitação e movimentação de palco como se fosse um adolescente de 15 anos de idade, devido tal empolgação e desempenho.

Não é preciso dizer que o público cantou certas vezes até mais alto que Bruce, notando-se a satisfação de estar ali naquele momento.

Todos sabiam que aquela apresentação seria gravada para o álbum ao vivo, mas rumores que rondavam pela imprensa na época davam conta que também gravariam um vídeo homônimo, mas nada oficial foi divulgado na época.

O que se pode notar foi que no dia do espetáculo, as câmeras oficiais do Via Funchal, estavam gravando a apresentação, como de costume para arquivo próprio, e foi basicamente essa filmagem que usaram no DVD “Anthology”.

Não que essas imagens sejam de qualidade ruim ou duvidosa, pelo contrário, são até excelentes mas ficam longe das qualidades dos outros dois vídeos já citados acima.

Vale como raridade e registro, principalmente para quem esteve no dia do show, porque mostra um show perfeito do começo ao fim. O único porém é que no DVD “Anthology” não consta o show completo e também algumas músicas presentes no álbum “Scream For Me Brazil”.

1. King In Crimson
2. Gates Of Urizen
3. Killing Floor
4. Book Of Thel
5. Tears Of The Dragon
6. Laughing In The Hiding Bush
7. Accident Of Birth
8. The Tower
9. Darkside Of Aquarius
10. The Road To Hell

DVD 03: “Vídeos Promocionais + Material Extra”

Provavelmente, junto com o show do Via Funchal, o que mais os fãs de Bruce Dickinson procuravam, todos os vídeo clipes gravados pelo cantor em sua carreira solo desde seu primeiro álbum até o mais recente “Tyranny Of Souls”.

No DVD, existe a possibilidade de vermos antes de cada vídeo clipe uma pequena introdução de Bruce contando sobre cada vídeo, como foram gravados, curiosidades, conceitos e fatos engraçados por trás das câmeras.

1. Tattooed Millionaire
2. All The Young Dudes
3. Dive Dive Dive
4. Born In ‘58
5. Tears Of The Dragon
6. Shoot All The Clowns
7. Back From The Edge
8. Inertia
9. Accident Of Birth
10. Road To Hell
11. Man Of Sorrows
12. Killing Floor
13. The Tower
14. Abduction

“Tyranny Of Souls” EPK é basicamente uma entrevista gravada para promoção do album homônimo” para a imprensa, já que Bruce não iria fazer uma turnê de promoção do álbum devido a agenda do Iron Maiden.

Bruce fala sobre todas as músicas do album, explicando o contexto das letras, algumas curiosidades e como foi o processo de composição e gravação do album.

“Biceps Of Steel” é uma das grandes supresas desse pacote, porque foi o primeiro video official gravado por Bruce em sua carreira, na época com a banda Samson!.

Esse vídeo nada mais é do que um “curta metragem” de apenas 15 minutos, que conta uma historia meio bizarra adaptada de uma história sobre “Samsão e Dalila”, filmado no Rainbow Theatre, em Londres, onde o Samson aparece tocando “ao vivo” duas músicas “Hard Times” e “Vice Versa” para uma casa vazia!.

Resumindo: Um registro histórico!

Material Extra:

1. “Tyranny Of Souls” EPK
2. Biceps Of Steel (Samson)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Anthology - Bruce Dickinson

4159 acessosResenha - Anthology - Bruce Dickinson4168 acessosResenha - Anthology - Bruce Dickinson

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

615 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1107 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Janaína PaschoalJanaína Paschoal
"Prefiro Pink Floyd e Dire Straits a Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Nicko McBrain assimila outro baterista em seu lugar

Uma galáxia além do Iron MaidenUma galáxia além do Iron Maiden
As relações de Duna com o mundo musical

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Bruce Dickinson"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

RiffRiff
Afinal de contas, o que é um? E qual a sua receita?

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

5000 acessosMetallica: corrigindo a injustiça contra Jason Newsted5000 acessosZakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músico5000 acessosLed Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?5000 acessosGrunge: Restou apenas um herói5000 acessosBilly Corgan: Weiland, Staley e Cobain, as vozes de nossa geração5000 acessosCannibal Corpse: Saiba como é dentro de um circle pit

Sobre Johnny Z.

Nascido em 1977, João Luiz Zattarelli Junior é morador de São Paulo capital, atualmente casado, e formado em Engenharia Civil, fã incondicional de Heavy Metal, Thrash Metal, Death Metal, Power Metal desde 1986, após ouvir "Somewhere In Time" do Iron Maiden, passou a colecionar todo tipo de material relacionado ao Metal, desde revistas até cds, dvds, singles, se tornando um verdadeiro colecionador de milhares de bandas do estilo, como por exemplo Iced Earth, Sepultura, Bruce Dickinson, e etc. É webmaster dos sites brasileiros do Iced Earth e Tim "Ripper" Owens Official Brazilian Site, e colabora com muitos sites como o excelente Maiden Portal, Metal Revolution e Whiplash. Conheci a Whiplash desde os primórdios da Internet no Brasil, pesquisando sobre Iron Maiden na época, e continuo até hoje achando o que preciso em termos de heavy metal.

Mais matérias de Johnny Z. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online