Resenha - Anthology - Bruce Dickinson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

9


Você não tem nenhum CD solo de Bruce Dickinson? Só conhece seus trabalhos no Iron Maiden (como se isso fosse pouca coisa)? Pois bem meu caro metaleiro, seus problemas acabaram... este DVD triplo, que chega ao mercado nacional via Dynamo Records é basicamente um FAQ da carreira solo de Bruce Dickinson, desde seu primeiro CD ("Tattoed Millionaire"), até o mais recente "Tyranny Of Souls". Tudo compilado em 3 DVD’s, contendo 3 shows, vários vídeos e até mesmo entrevistas.

Iniciamos nossa jornada pela carreira de Bruce conferindo o vídeo "Dive! Dive! Dive!", gravado em Los Angeles em 1990, época que Bruce excursionava promovendo seu primeiro álbum solo. A banda, que tinha Janick Gers na guitarra (depois ele viria a ingressar no Iron Maiden com a saída de Adrian Smith) era completada por Andy Carr no baixo, e Dickie Fliszar na bateria. São executados 18 números, entre músicas do Samson (banda que Bruce integrou antes de entrar no Maiden), números do CD solo do vocalista e a versão original de "Bring Your Daughter To The Slaugher" (que não foi para o CD solo de Bruce por pressão de Steve Harris). Destaque para "Riding With The Angels", "Born In 58", "Son Of A Gun", "Sin City" (cover do AC/DC), a faixa título "Tattoed Millionaire" e a versão matadora para "Black Night" do Deep Purple (Ian Gillan é influência confessa de Bruce). A banda é boa e o show empolga, captando um Bruce que não seria o mesmo na turnê de "No Prayer For The Dying".

publicidade

Continuando a festa podemos conferir o show "Skunkworks Live", gravado em 1996 na Espanha, na turnê de promoção do terceiro CD de Bruce, "Skunkworks", com Alessandro Helena na bateria, Alex Dickson na guitarra e Chris Dale no baixo. Nesta época Bruce havia dado uma guinada em seu direcionamento musical, aproximando-se dos sons mais modernos e do grunge, mas as 12 músicas deste show convencem pela voz afiada de Bruce e pela habilidade de sua banda, com destaque para a guitarra de Alex. Quer ouvir material bom? É só conferir "Inertia", "Back From The Edge", "Tears Of The Dragon", "The Prisioner" (do Iron numa ótima versão) e "Space Race". Um show mais produzido e bem interessante. Vale lembrar que Bruce excursionava como opening act do Helloween nesta época, e que algumas músicas deste show foram lançadas no Japão no EP "Skunkworks Live", que pode ser conferido no CD extra que acompanha o relançamento de "Skunkworks".

publicidade

O segundo DVD traz o show de 1999, aonde Bruce promovia seu quarto CD ("Chemical Wedding") com Roy Z e Adrian Smith nas guitarras, Dave Ingraham na bateria e Eddie Casillas no baixo, show este que passou pelo Brasil. O único senão fica pelo fato da filmagem ser amadora, feita da platéia (no próprio encarte isso é explicado), o que faz com que este show tenha uma qualidade bem inferior aos outros. Mas mesmo assim faixas como "Killing Floor", "The Tower", "Accident Of Birth", "Tears Of The Dragon" e "Road To Hell" evidenciam uma das melhores fases de Bruce como artista solo, e provam que o passo seguinte seria voltar ao Iron Maiden, que já não vinha bem das pernas com Blaze Bailey nos vocais. Faltou apenas o show completo, já que este "bootleg" só tem 10 músicas.

publicidade

Como extras ainda temos todos os vídeos gravados pelo artista em sua carreira, aonde nota-se que Bruce usou muito bem a mídia televisiva para divulgar seu trabalho. Mesmo vídeos antigos como "Tattoed Millionaire" e "All The Young Dudes" (sensacional versão para a música de David Bowie) funcionam bem, complementados por "Tears Of The Dragon", "Accident Of Birth", "Man Of Sorrows" (um dos melhores vídeos de Bruce), e o mais recente "Abduction". Quem for mais curioso ainda pode ver uma filmagem de "Biceps Of Steel" (de 1980, na época do Samson), e uma entrevista concedida em 2005, quando "Tyranny Of Souls" foi lançado.

publicidade

Um grande produto, que abrange com detalhes a carreira de um dos ícones do heavy metal. Só não leva 10 porque os shows não tiveram um tratamento digital adequado. Poderia ser bem melhor, mas ainda assim vale a pena ter. Sendo fã do Iron, ou de Bruce, ou simplesmente do heavy metal.

Dynamo – 2006 – NACIONAL

DVD 1

"Dive Dive Live" track listing:
01. Riding With The Angels
02. Born In '58
03. Lickin' The Gun
04. Gypsy Road
05. Dive Dive Dive
06. Drum Solo
07. Zulu Zulu
08. The Ballad Of Mutt
09. Son Of A Gun
10. Hell On Wheels
11. All The Young Dudes
12. Tattooed Millionaire
13. No Lies
14. Fog On The Tyne
15. Winds Of Change
16. Sin City
17. Bring Your Daughter To The Slaughter
18. Black Night

publicidade

"Skunkworks Live" track listing:
01. Space Race
02. Back From The Edge
03. Tattooed Millionaire
04. Inertia
05. Faith
06. Meltdown
07. I Will Not Accept The Truth
08. Laughing In The Hiding Bush
09. Tears Of The Dragon
10. God's Not Coming Back
11. Dreamstate
12. The Prisoner

DVD 2

"Scream For Me Brazil" track listing:
01. King In Crimson
02. Gates Of Urizen
03. Killing Floor
04. Book Of Thel
05. Tears Of The Dragon
06. Laughing In The Hiding Bush
07. Accident Of Birth
08. The Tower
09. Darkside Of Aquarius
10. The Road To Hell

publicidade

DVD 3

Promotional Videos:
01. Tattooed Millionaire
02. All The Young Dudes
03. Dive Dive Dive
04. Born In '58
05. Tears Of The Dragon
06. Shoot All The Clowns
07. Back From The Edge
08. Inertia
09. Accident Of Birth
10. Road To Hell
11. Man Of Sorrows
12. Killing Floor
13. The Tower
14. Abduction

Extras:

"Tyranny Of Souls" Interview (2005)
Samsons’ "Biceps Of Steel" (1980)

2006 - Dynamo Records (NACIONAL)

publicidade


Outras resenhas de Anthology - Bruce Dickinson

Resenha - Anthology - Bruce Dickinson

Resenha - Anthology - Bruce Dickinson




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guitarra: os melhores solos da história segundo a Guitar WorldGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Mulheres no Rock: resistência em um meio machistaMulheres no Rock
Resistência em um meio machista


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin