Resenha - Rebel Meets Rebel - Rebel Meets Rebel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Com seus quase 70 anos, o vocalista e guitarrista David Allan Coe já passou por reformatórios, centros de correção e prisões, ou seja, é um destes típicos bad boys norte-americano. Mas o que realmente interessa aqui é que este bom velhinho é também conhecido como a mais exótica figura da música country de seu país.

Hit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revistaAerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E agora, o melhor: os três "Cowboys From Hell" mais famosos do globo, Dimebag Darrel, Vinnie Paul e Rex Brown (para quem mora em outro planeta: são os caras do Pantera...), fizeram uma boa amizade com este tal David, e do respeito mútuo entre estes músicos resultou "Rebel Meets Rebel". As composições e gravações deste projeto ocorreram entre 99 e 03 e, após tantos problemas pessoais, enfim o disco sai pelo selo Big Vin Records, do próprio Vinnie Paul.

Logo no início da audição percebe-se o clima de amizade e descontração num híbrido de heavy metal visceral repleto de influências de música sulista, com um excelente resultado. A voz regada a uísque de David é bastante simples, mas possui carisma e se encaixou muito bem na distorção crua das canções, sem mencionar que não há como deixar de esboçar um sorriso com os riffs e solos intrincados deste conjunto.

Entre tantas ótimas faixas, dá para destacar a frenéticas "Nothin' To Lose", a faixa-título com seu estilão de música country, a bela distorção e refrãos de "Get Outta My Life", amenidades na bonita balada (quem diria...) "N.Y.C. Streets", além dos momentos acústicos de "Panfilo" e "One Nite Stands", entre muitos outros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Rebel Meets Rebel" traz o típico rock'n'roll nervosão que, mesmo daqui há vinte anos, ainda continuará a atrair as atenções de quem aprecia rock pesado. E friso que são canções especiais não pelo fato da tragédia que se abateu sobre Dimebag, e sim pela boa energia que passa ao ouvinte. Totalmente indicado a quem curte Foghat, Pride & Glory, Brand New Sin e, é claro, os fãs menos radicais do Pantera.

E uma pergunta: Qual distribuidora vai ter as manhas de colocar esta pérola no mercado brasileiro?

Rebel Meets Rebel - Rebel Meets Rebel
(2006 / Big Vin Records - importado)

01. Nothin' to Lose
02. Rebel Meets Rebel
03. Cowboys Do More Dope
04. Panfilo
05. Heart Worn Highway
06. One Nite Stands
07. Arizona Rivers
08. Get Outta My Life
09. Cherokee Cry
10. Time
11. No Compromise
12. N.Y.C. Streets

Homepage: www.rebelmeetsrebel.com


Outras resenhas de Rebel Meets Rebel - Rebel Meets Rebel

Resenha - Rebel Meets Rebel - Rebel Meets Rebel



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rebel Meets Rebel"


Hit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revistaHit Parader
Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven TylerAerosmith
Curiosidades sobre a voz de Steven Tyler


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280