Resenha - Absolution Tour - Muse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Altaf
Enviar Correções  

8


O formato "power trio" trouxe ao mundo algumas das bandas mais legais da história do rock. Rush, The Police e Motorhead (em algumas formações) estão aí para comprovar isso. E uma das revelações da nova safra do rock inglês adota esse formato com sucesso. Estamos falando do Muse.

publicidade

O trio é formado por Matthew Bellamy nas guitarras, Chris Wolstenholme no baixo e Dominic Howard na bateria, sendo o primeiro o principal compositor e "camisa 10" da banda, que existe desde 1994 e foi criado em Devon, Inglaterra. O DVD Absolution Tour foi gravado no já famoso festival de Glastonbury, em que eles tocaram ao lado de Sir Paul McCartney e Oasis.

publicidade

Pra quem não conhece o som da banda, uma explicação muito usada pelos fãs é a de que eles são uma espécie de Radiohead com algumas doses a menos do antidepressivo Prozac. É como se Thom Yorke e sua turma esquecessem de tomar seus remédios e fossem curtir Nirvana, Sex Pistols, Red Hot Chili Peppers ou Foo Fighters. Outras características marcantes são vocais em falsete distorcidos e pianos com belas melodias em meio a guitarras ensurdecedoras. O grupo compensa o fato de haver apenas três integrantes no palco com doses extras de energia e distorção em seus instrumentos, fazendo uma parede sonora que dá a impressão de se estar em um galpão de fábrica, tal o barulho.

publicidade

Absolution Tour, o DVD, serve tanto para quem é fã como para quem ainda quer conhecer esses ingleses. O repertório está fortemente calcado no mais recente trabalho, "Absolution", de 2003, mas tem ainda "New Born" e "Bliss", ambas do ótimo disco "Origin of Symmetry", e "Muscle Museum", do primeiro álbum, "Showbiz".

A proposta inovadora do grupo não fica restrita somente ao som, mas passa tambem pelo design dos encartes de todos os CDs e pelo layout do palco. Bellamy tem à sua disposição um microfone à frente da platéia e outro atrás de um piano, em uma plataforma imensa ao lado da bateria. Os outros dois membros têm uma postura um pouco mais discreta, mas não menos impactante. A platéia corresponde à altura, cantando em uníssono e com uma devoção poucas vezes vista para uma banda tão nova. Para completar o DVD, há trechos de outras apresentações em Los Angeles, em Earls Court, Cincinnati e San Diego. É uma boa chance de conhecer o grupo, que já recebeu elogios de vários outros artistas, entre os quais, Mike Portnoy do Dream Theater e Dave Grohl dos Foo Fighters.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


MusicRadar: os 40 shows mais disputados do mundoMusicRadar
Os 40 shows mais disputados do mundo

Total Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da históriaTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história


Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward


Sobre Rodrigo Altaf

Mineiro nascido em 1974, esse engenheiro civil que vive e trabalha no Canadá começou a ouvir heavy metal aos dez anos, após acompanhar o Rock in Rio I pela televisão. Após vários anos sem colaborar pro Whiplash.Net, está em busca de todos os shows possíveis em Toronto. Entre suas influências estão Iron Maiden, Van Halen, Rush, AC/DC e Dream Theater.

Mais matérias de Rodrigo Altaf no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin