Resenha - A Drug For All Seasons - F5

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Tendo feito história no Megadeth e ficando um bom tempo afastado da cena, o baixista David Ellefson montou este projeto chamado F5, que conta com a presença de músicos obscuros no meio musical, sendo Dale Steele (voz), John Davis (guitarras), Steve Conley (guitarras) e o gigante afro-americano Dave Small (bateria), liberando enfim este aguardado primeiro registro chamado "A Drug For All Seasons".

A sonoridade aqui apresentada é um inesperado hard rock cheio de guitarras, moderno e com grande inclinação para o lado mais alternativo da coisa. Se aproximando do Soundgarden em alguns momentos e passando longe do heavy metal de outrora, consegue soar bastante pesado, forte e dono de ótimas melodias.

publicidade

Steele tem uma boa voz, bem rock´n´roll, cantando com paixão e não fazendo uso de gritos ou rosnados. É desnecessário comentários sobre Ellefson, já com experiência mais do que comprovada; e aqui sua atuação com Small gera ritmos perfeitos para a proposta musical do F5. Também merecem méritos o trabalho dos guitarristas, empolgante e beirando a perfeição em várias faixas. É com certeza um time bastante habilidoso e entrosado.

publicidade

"Faded", a música de abertura, já deixa o ouvinte de boca aberta pela técnica e distorção, com riffs memoráveis; e o queixo continua a cair com o peso de "Dissidence", que surpreende pelas melodias. Um belo começo de álbum! Outra canção que realmente chama a atenção é "Defacing", a mais veloz e nervosa de todo o CD.

Pendendo para o rock mais alternativo e com grandes guitarras, temos "Look You In The Eyes", que lembra o já citado Soundgarden. "Fall To Me" e a faixa-título também apresentam características mais modernas e procuram explorar novos terrenos com os arranjos pesados de sua música, conseguindo resultados mais do que satisfatórios em um bom número de canções.

publicidade

Ellefson e seu F5 comprovam suas qualidades e evitam comparações com o Megadeth, o que já é um imenso primeiro passo. "A Drug For All Seasons", com seus pouco mais de 36 minutos, é sempre pesado, melódico e obviamente digno de elogios, mas provavelmente agradará realmente aos que estejam mais abertos a novas experimentações no rock´n´roll, gerando um produto final interessante.

publicidade

F5 - A Drug For All Seasons
(2005 / Dead Line Music – importado)

01. Faded
02. Dissidence
03. Fall To Me
04. A Drug For All Seasons
05. Bleeding
06. What I Am
07. Dying On The Vine
08. Hold Me Down
09. Defacing
10. X’d Out
11. Look You In The Eyes
12. Forte Sonata

First Cut - In the Studio with F5 – Vídeo-bônus

Homepage: www.f5theband.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ellefson: já viu algum vencedor agradecendo ao diabo?Ellefson
"já viu algum vencedor agradecendo ao diabo?"


Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas

Fotos de Infância: Skid RowFotos de Infância
Skid Row


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin