Resenha - 9.0: Live - Slipknot

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

8


Sabem... faz muito tempo que deixei de pensar no Slipknot como uma banda de new-metal... os caras estão bem acima de Linkin Park, Limp Bizkit, Korn e cia... apesar de terem sim alguns elementos do estilo, o som deles soa muito mais pesado e com uma pegada bem mais thrash do que das bandas citadas. E ao vivo devemos dar a mão a palmatória: os caras fazem um show forte e intenso. E não se trata de um espetáculo circense, o que é dito devido ao fato dos mesmos usarem máscaras e possuem dois percussionistas que mais parecem dançarinos em cima de tambores gigantes. De fato eles fazem música.

Este novo CD foi registrado durante a turnê de "Vol III: The Subliminal Verses", que inclusive passou pelo Brasil, e só reforça o poder de fogo de 0,1,2,3,4,5,6,7 e 8 (sim... os caras ainda se chamam por números). Pauladas como "The Blister Exists" e "Disasterpieces" são movidas por fortes guitarras, um vocal versátil e inteligente, e a bateria competentíssima de Joey Jordison (o número 1 – aquele mesmo que substituiu Lars Ulrich do Metallica no Download Festival de 2004). Outros ótimos momentos do primeiro CD são as cadenciadas "Before I Forget" e "Liberate", a insana "Pulse Of The Magcots" e a rápida "Purity". No que pese o estilo repetitivo de algumas músicas, a banda procura compensar este detalhe com bastante peso e agressividade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas o que falei acima de fato pode ser encarado como um porém neste CD com 24 músicas (1 é o solo de Joey). Apesar de números como a pula-pula (com toque de black-metal) "Three Nil", a "System Of A Downiana" "The Nameless" e os hits "The Heretic Anthem" e a sensacional "Wait And Bleed" (do primeiro CD), músicas como "IOWA", "Duality" e a boa "People=S#!t" são extremamente repetitivas... é muito pula-pula seguido. Não que o resultado seja ruim, mas um show que acaba durando 2 horas e 20 minutos ficaria bem mais enxuto com apenas 1 hora e 30 minutos e algumas músicas a menos. Algo que eles podem pensar no futuro. Como banda, os caras soam bem coesos e integrados... Corey é um bom vocalista e um grande "frontman" e os percussionistas conseguem se integrar perfeitamente com as batidas de Joey. O DJ é que soa meio deslocado nesse meio, mas cumpre bem o seu papel.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um CD bem legal, representativo do poder de fogo do Slipknot. Apesar dos pesares, ainda é legal assisti-los ao vivo, e os caras ainda podem aprontar muito... agora sinceramente... vou dar minha opinião em um assunto e gostaria da sua... este CD deverá ser precedido de um DVD do mesmo show. Eu particularmente sou contra. Prefiro apenas apreciar a musicalidade do grupo, já que eles já têm um bom DVD no mercado... e você? Pensa como eu ou acha que um pacote ao vivo do Slipknot não será completo sem o registro em DVD com os efeitos e tudo mais?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CD 1 – 12 faixas – 55 min e 51 seg
CD 2 – 12 faixas – 62 min e 15 seg

Site Oficial: http://www.slipknot.com

Formação:
1 – Joey – Bateria
7 – Mick – Guitarras
2 – Paul – Baixo
5 – 133 – DJ
8 – Corey – Vocais
4 – James – Guitarras
3 – Chris – Percussão
0 – Sid – Percussão

Sum Records – 2005 (Nacional)


Outras resenhas de 9.0: Live - Slipknot

Resenha - 9.0: Live - Slipknot




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slipknot: eles já trabalham em músicas inéditas, sucedendo We Are Not Your KindSlipknot
Eles já trabalham em músicas inéditas, sucedendo We Are Not Your Kind

Knotfest Brasil: organização pergunta quais bandas devem tocar no festivalKnotfest Brasil
Organização pergunta quais bandas devem tocar no festival

Slipknot: bebê para de chorar ao ouvir o som da banda (vídeo)Slipknot
Bebê para de chorar ao ouvir o som da banda (vídeo)

Slipknot: Chris Fehn retira acusação e, ao que tudo indica, topa acordo com bandaSlipknot
Chris Fehn retira acusação e, ao que tudo indica, topa acordo com banda

Knotfest: festival é confirmado oficialmente no Brasil para 2021Knotfest
Festival é confirmado oficialmente no Brasil para 2021

Slipknot: entediado, fã recria shows da banda no jardim da casaSlipknot
Entediado, fã recria shows da banda no jardim da casa

Corey Taylor: Ele está o tempo todo com o filhão, e lamenta pela filha que foi emboraCorey Taylor
Ele está o tempo todo com o filhão, e lamenta pela filha que foi embora

Bolacha Mole Podcast: Corey Taylor sem Slipknot não seria grande coisa

Corey Taylor: ouça versão acústica de Black Eyes Blue, divulgada nesta quarta (21)Corey Taylor
Ouça versão acústica de "Black Eyes Blue", divulgada nesta quarta (21)

Slipknot: banda lança máscaras oficiais de We Are Not Your KindSlipknot
Banda lança máscaras oficiais de "We Are Not Your Kind"


Slipknot: A banda vai acabar mesmo? Corey Taylor respondeSlipknot
A banda vai acabar mesmo? Corey Taylor responde

Prince: Corey Taylor presta tocante homenagem em showPrince
Corey Taylor presta tocante homenagem em show


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336