Resenha - Their Rock Is Not Our Rock - Fireball Ministry

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


O Fireball Ministry vem de Los Angeles e está na ativa desde o final dos anos 90, sendo que em sua formação já passaram figuras importantes para o rock 'n'roll, como o baterista Nick Menza (Megadeth) e a baixista Janis Tanaka (ex-fundadora do L7).

Jason Becker: O mais tocante desafio do balde de geloHeavy Metal: O início do movimento e a origem do termo

Com dois álbuns muito bem recebidos por público e mídia especializada, shows ao lado de grandes bandas como Dio, Antrax, Motorhead, Blue Oyster Cult, etc; os norte-americanos chegam agora com seu terceiro registro chamado "Their Rock Is Not Our Rock", tendo como membros James A. Rota (voz e guitarra), Emily Burton (guitarra), Johny Chow (baixo) e John Oreshnick (bateria).

Suas músicas são o rock bastante clássico, com muita coisa dos anos 70, riffs cheios de distorção suja que faz a alegria dos headbangers, harmonias cativantes e refrãos marcantes, tudo bastante simples e direto. Meio chegado ao blues, detecta-se influência do bom e velho Black Sabbath, inclusive tendo um James que canta parecido com Ozzy Osbourne em vários momentos.

Na realidade, o Fireball Ministry acaba soando bem próximo do stoner rock e, na homogeneidade de suas canções, "It Flies Again", bem rock'n'roll e a pesadona "Hellspeak" chamam bastante atenção. Depois de escutar suas 10 faixas - várias relativamente longas, passando dos cinco minutos - é impossível negar a honestidade deste trabalho.

Realmente o cenário musical dos EUA está dando uma grande guinada, deixando para trás os pesadelos do new metal e voltando com tudo para as raízes do rock pesado que, convenhamos, nunca deixará de ter seus mais ferrenhos admiradores. Indicadíssimo aos amantes do rock visceral movido à riffs.

FIREBALL MINISTRY - Their Rock Is Not Our Rock
(2005 / Century Media Records)

01. It Flies Again
02. Sundown
03. The Broken
04. In The End
05. Hellspeak
06. Two Tears
07. Under The Thunder
08. Spill The Demons
09. Rising From The Deep
10. Save The Saved

Homepage: www.fireballministry.com


Outras resenhas de Their Rock Is Not Our Rock - Fireball Ministry

Resenha - Their Rock Is Not Our Rock - Fireball Ministry




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Fireball Ministry"


Jason Becker: O mais tocante desafio do balde de geloJason Becker
O mais tocante desafio do balde de gelo

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo

Rolling Stone: os 100 melhores álbuns dos anos 90Rolling Stone
Os 100 melhores álbuns dos anos 90

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o NirvanaVan Halen
O constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

Antes da fama: Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outrosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outros

Tales Of The Iron Maiden: Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de Heaven Can WaitTales Of The Iron Maiden
Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de "Heaven Can Wait"

Saxon: por que não cresceram como o Iron Maiden? Biff Byford opinaSaxon
Por que não cresceram como o Iron Maiden? Biff Byford opina


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336