Resenha - Holy Hell - Rob Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


O veterano vocalista Rob Rock, dono de um histórico musical de respeito, chega a seu terceiro e pesadíssimo registro solo, "Holy Hell", disponível no mercado brasileiro via Rock Brigade Records. O time que acompanha Rob é de dar inveja pela competência, sendo Carljohan Grimmark (guitarra), Daniel Hall (guitarra), Andreas Olsson (baixo) e Bobby Jarzombek (bateria).

"Holy Hell" apresenta uma relativa variação em termos de composições, mas o que predomina é o power metal, melódico, cheio de distorção, de encher os olhos mesmo. Entre as canções há riffs thrash e até algo de hard rock, gênero que aparece vez ou outra nos trabalhos de Rob Rock. Além da magnífica atuação do vocalista, o que mais chama a atenção são os refrãos, que estão entre os mais grudentos de 2005, e o extremo bom gosto na veia old school nas melodias das canções.

publicidade

Muitos podem torcer o nariz quando há citações sobre o período em que determinada sonoridade se encaixa, mas não há como negar que "Holy Hell" é claramente oitentista. Porém a cuidadosa produção de Roy Z impregna estas canções com uma modernidade explícita, tornando claros a técnica, peso e acima de tudo um feeling sofisticado.

Não há faixa ruim neste CD, mas merece destaque "Slayer Of Souls", "First Winds At The End Of Time" e "When Darkness Reigns", canções power metal galopantes com grandes trabalhos vocais. "Calling Angels" possui uma linha bem diferente, mas o refrão é um dos melhores de todo o CD. Relevante também é o ótimo cover do ABBA, "Move On", com a participação de Tobias Sammet (Edguy), dividindo os vocais com Rob Rock. Um registro que não apresenta nada de novo, mas é empolgante pelo fato de ser feito com o coração.

publicidade

O maior problema é tirar este CD do aparelho... "Holy Hell" é o típico registro que você escuta e vai comentar com seus amigos, impossível algum headbanger não curtir isto aqui. Vale mencionar ainda que esta edição brasileira traz como bônus um vídeo-clip bem simples que é uma verdadeira colcha de retalhos, além de wallpapers e screen savers.

publicidade

ROB ROCK - Holy Hell
(2005 – AFM Records / Rock Brigade Records)

01. Slayer Of Souls
02. First Winds At The End Of Time
03. Calling Angels
04. Holy Hell
05. Lion Of Judah
06. I’m A Warrior
07. I’ll Be Waiting For You
08. When Darkness Reigns
09. The Revelation
10. Move On

Site Oficial: www.robrock.com


Outras resenhas de Holy Hell - Rob Rock

Resenha - Holy Hell - Rob Rock

Resenha - Holy Hell - Rob Rock




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasHeavy Metal
O Diabo e personagens bíblicas nas capas

Fotos de Infância: Skid RowFotos de Infância
Skid Row


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin