Resenha - Greenhouze - Greenhouze

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Vindo da Noruega, o Greenhouze trabalhou muito até finalmente conseguir ver este seu 'debut' no mercado. A história começa em 1999, quando o multi-instrumentista Lars Levin gravava várias de suas canções e contratou Solli para fazer as vozes (com certeza muitos se lembram deste vocalista por trabalhar no Psycho Motel, junto com Adrian Smith, então recém-saído do Iron Maiden). O fato é que o resultado final da união de Levin e Solli ficou tão bom que acabaram por contratar alguns músicos de estúdio e gravar um álbum completo sob o nome Greenhouze entre 2001 e 2002.

Lauren Harris: Como é ser filha do baixista do Iron MaidenNightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este 'debut' foi lançado originalmente em 2004 e chega agora ao mercado brasileiro via Wet Music. A sonoridade desta dupla é o mais puro AOR, trazendo elementos atmosféricos e conseguindo soar introspectivo e cativante. Aqui o ouvinte não escutará nada pesado, pelo contrário, há algumas faixas que se aproximam bastante do rock pop, mas soa tão convincente e bonito que agradará a muitos, em especial aos amantes do hard rock.

As linhas vocais de Solli estão completamente diferentes do Psycho Motel, bem mais emocionais. Porém, o que mais chama a atenção nestas excelentes canções são os versáteis trabalhos das guitarras, tudo com muito bom gosto e trazendo solos que em vários momentos possuem aquele sentimento que o Pink Floyd expôs de maneira magistral em "Division Bell".

Greenhouze já abre em grande estilo com "The Point" e "Waterline", que possuem ótimo andamento e, mantendo esta linha, segue firme com a instigante "Train Song" e "Rain" com seu curto, porém muito bom solo de teclado. As baladas cheias de elementos acústicos estão presentes em "Remember" e "Tall Grasses". "Highway In The Sun" fecha o álbum com chave de ouro e muito sentimento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este registro é completamente indispensável aos amantes de AOR e hard rock. Também se encaixa aos apreciadores de metal que não se importam em escutar algo sem a boa e velha distorção. Sem contar as letras do Greenhouze, com uma sincera preocupação com os rumos do ser humano e deste planetinha complicado. Quem sabe não faz o caro ouvinte começar a observar melhor o que nos rodeia e ter outros pontos de vista?

GREENHOUZE - Greenhouze
(2004 MTM Music - 2005 Wet Music)

01. The Point
02. Waterline
03. Here In The Air
04. Remember
05. Train Song
06. Insanity
07. Tall Grasses
08. Clouds (Instrumental)
09. Rain
10. Snow On The Roof (Instrumental)
11. Everything
12. Highway In The Sun

Site Oficial do Greenhouze


Outras resenhas de Greenhouze - Greenhouze

Resenha - Greenhouze - Greenhouze



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Greenhouze"


Lauren Harris: Como é ser filha do baixista do Iron MaidenLauren Harris
Como é ser filha do baixista do Iron Maiden

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280