Resenha - In Distortion We Trust - Crucified Barbara

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Nos últimos anos a Suécia vem colocando algumas bandas de rock'n'roll realmente incríveis no mercado musical, sendo que algumas das mais recentes seriam Gemini Five e Backyard Babies. E, realmente, escutando este quarteto feminino de Estocolmo, percebemos claramente que o rock'n'roll sujo e pesadão terá ainda uma vida muito longa, ao contrário do que os detratores desejam.

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneyInstagram: as fotos mais legais do perfil de James Hetfield

Crucified Barbara é formado por Mia Coldheart (voz e guitarra), Klara Force (guitarra), Ida Evileye (baixo) e Nicki Wicked (bateria), e a energia que colocam neste seu primeiro registro é espantosa. Sua música contém ingredientes do rock pesado e básico que o Girlschool já fazia há mais de vinte anos e algo de Backyard Babies, porém tudo regado a tanta distorção, principalmente nos riffs impactantes das guitarras, que sua música em vários momentos se aproxima muito do Heavy Metal propriamente dito, o que dá uma valorizada e tanto em suas canções.

São 11 faixas que não passam dos quatro minutos, muitíssimo bem tocadas e empolgantes. Todos os instrumentos têm seu momento, sendo ótimo escutar somente o baixo e bateria em várias canções - esta seção rítmica é realmente muito boa! - para depois entrar as guitarras numa explosão de distorção. Outro detalhe que merece comentários são as letras, cheias de palavrões e chavões enaltecendo o sexo e o rock'n'roll (que tal esta: "...eu dediquei meu amor a uma Flyng V...").

Crucified Barbara é uma banda muito segura com um ótimo disco que convence com sobras e merece uma boa conferida, provando o que todos já sabem: que há mais de duas décadas este gênero musical vem sendo muito bem representado também pelas mulheres. Bom, retratando: com exceção de certas "ninjas" perdidas por aí...

CRUCIFIED BARBARA - In Distortion We Trust
(2005 - GMR Records / Hellion Records)

01. Play Me Hard
02. In Distortion We Trust
03. Losing The Game
04. Motorfucker
05. I Need A Cowboy From Hell
06. My Heart Is Black
07. Hide 'Em All
08. Going Down
09. I Wet Myself
10. Rock'n'Roll Bachelor
11. Bad Hangover

Homepage: www.crucifiedbarbara.com


Outras resenhas de In Distortion We Trust - Crucified Barbara

Resenha - In Distortion We Trust - Crucified Barbara




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Crucified Barbara"


Crucified Barbara: A curiosa origem do nome da bandaCrucified Barbara
A curiosa origem do nome da banda

Mulheres: 5 bandas de Hard Rock atuais com vocais femininosMulheres
5 bandas de Hard Rock atuais com vocais femininos


Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneySteve Perry
5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Instagram: as fotos mais legais do perfil de James HetfieldInstagram
As fotos mais legais do perfil de James Hetfield

Joe Satriani: por que ele não entrou no Deep Purple?Joe Satriani
Por que ele não entrou no Deep Purple?

Dinheiro não é tudo mas ajuda: 5 Rock Stars que nasceram ricosDinheiro não é tudo mas ajuda
5 Rock Stars que nasceram ricos

Batom, laquê...: Como formar uma banda de Hard Rock em 69 liçõesBatom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

System Of A Down: Shavo Odadjian toca Toxicity com filho na escola; vejaSystem Of A Down
Shavo Odadjian toca "Toxicity" com filho na escola; veja

Mike Portnoy: Gostaria que fôssemos uma família feliz e amigosMike Portnoy
"Gostaria que fôssemos uma família feliz e amigos"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336